Parques de Osasco vão ter estabelecimentos comerciais

0

A Prefeitura de Osasco elabora um projeto de lei para abrir espaços a estabelecimentos comerciais como restaurantes, lanchonetes e sorveterias nos parques públicos da cidade.
Os proprietários dos comércios terão de pagar uma espécie de aluguel e o valor será repassado ao Fundo Municipal de Meio Ambiente, explica o secretário de Meio Ambiente, Carlos Marx.
O objetivo é implantar o projeto ainda este ano, após licitação, afirma. Os recursos do Fundo serão usados no cuidado e em melhorias nos parques.Alguns usuários dos parques elogiam a medida, outros vêem com ressalvas. “Faz falta ter uma lanchonete. Temos que sair de dentro do parque para comprar lá fora”, avalia a dona de casa Maria José do Nascimento. Os estudantes Luciano Alves, 17, e Bruna Rodrigues, 14, concordam com ela.Já o gestor ambiental Carlos Eduardo Pena é contra. “Está bom do jeito que está. Trago meu filho, que está com sobrepeso, para fazer exercício aqui [no Parque da Fito] e uma lanchonete, uma sorveteria, acabariam atrapalhando”.

publicidade

Outro problema apontado por usuários contrários aos estabelecimentos nos parques é a preocupação com o lixo gerado.

publicidade

Comentários