Perfil: João Del Rey, o empreendedor do 1º shopping de Carapicuíba

Perfil: João Del Rey, o empreendedor do 1º shopping de Carapicuíba

5
Compartilhar

Leandro Conceição

Publicidade

Com uma trajetória de sucesso na área dos transportes, o empresário João Del Rey, presidente do Grupo Del Rey, está confiante no sucesso da nova empreitada: a construção do primeiro shopping de Carapicuíba, que deve ser inaugurado dia 22 de setembro. “Vai ser um marco para a cidade”, diz.

joão del rey
O Plaza Shopping Carapicuíba terá mais de 200 lojas e deve gerar pelo menos 2.500 empregos diretos e cerca de 1.500 indiretos.

Em um município com boa parte da população nas classes C e D, a ideia inicial era fazer um centro de comércio popular. “Mas fizemos as pesquisas que demonstraram que havia potencial para um shopping, sim, e bom”. O empresário avalia que o shopping na cidade vai atrair os carapicuibanos que hoje se deslocam aos centros de compras de Osasco e Barueri.

João Del Rey minimiza os possíveis reflexos da crise econômica do país no novo empreendimento. “Estou bastante otimista, deixa os pessimistas para lá”, afirma. “Desde que me conheço por gente ouço falar em crise. O Brasil infelizmente tem maus político. Este era para ser um país maravilhoso, mas é mal administrado. Tivemos crise em 1998, em 1964… vivemos de crise em crise e nem por isso o país quebrou. Toda crise é passageira”.

Publicidade

De origem humilde, João Del Rey também trabalhou como metalúrgico e vendedor, entre outras atividades, antes de descobrir sua vocação para os transportes trabalhando como motorista de ônibus. Dos dois ônibus iniciais dele, na década de 1970, hoje o grupo Del Rey é um dos maiores dos transportes na região e emprega cerca de 2 mil pessoas.

Nas linhas municipais que a empresa opera em Carapicuíba, diz o empresário: “nosso índice de aprovação é de 82%, nossa frota é a mais nova da região, não temos reclamações de usuários e quando temos, apuramos com rigor”.
“Retribuição”

Aos 71 anos, João Del Rey não quer nem falar em aposentadoria. “Aposentar, você está louco?”. Com muito vigor, faz questão de acompanhar todos os negócios de perto. “Minha satisfação não é o dinheiro, é contribuir para a melhoria do bem-estar do povo, gerando empregos, empregos de qualidade”. O empresário é casado, pai de três filhas e tem um netinho.

Ele destaca ainda que investir em Carapicuíba é uma “retribuição” à cidade. “Na verdade eu não investi em Carapicuíba, foi Carapicuíba que investiu em mim, me deu oportunidades. O que nós estamos investindo é o que nós ganhamos aqui”.

Compartilhar

Comentários