Início Visão Te Conta Pintora de quadro vandalizado por Carlinhos Maia comemora vitória na Justiça: “Respeito”

Pintora de quadro vandalizado por Carlinhos Maia comemora vitória na Justiça: “Respeito”

0
carlinhos maia quadro
Reprodução

A artista plástica Lau Rocha comemorou a vitória na Justiça após o humorista e influenciador digital Carlinhos Maia ter sido condenado a indenizá-la em mais de R$ 30 mil por ter vandalizado uma obra feita por ela que estava em um hotel em Aracaju, Sergipe. “Respeito a quem produz a arte que livra da ignorância”, declarou.

publicidade

Carlinhos Maia vandalizou o quadro em 2019. Ele rabiscou uma das pinturas de Lau Rocha que estavam na parede da suíte do hotel onde estava hospedado e declarou, nas redes sociais, que os outros hóspedes iriam agradecê-lo. A obra original trazia uma mulher sem rosto segurando um buquê de flores. Com uma caneta, Carlinhos Maia desenhou olhos, nariz, boca e sobrancelhas no quadro.

carlinhos maia quadro
Reprodução

A iniciativa do humorista gerou uma série de críticas e fez a pintora da obra, indignada, acionar a Justiça. O juiz Cristiano José Macedo Costa, da 11ª Vara Cível de Aracaju, considerou que a ação de do humorista gerou dano moral à artista plástica.

publicidade

Após ser condenado a indenizar a artista plástica, Carlinhos Maia afirmou que teve autorização do hotel para “desenhar em cima”, mas pediu desculpas. “Galera, sobre o quadro, fica a lição para mim e todos: mesmo que a obra tenha sido comprada há anos, você não pode desenhar em cima. Mesmo com a autorização de quem pagou pelo quadro, como foi meu caso. Mais uma vez, ficam minhas desculpas”, declarou, no Instagram.

Reprodução

Além de Carlinhos Maia, o hotel também foi condenado a devolver o quadro e indenizar a autora da obra. Lau Rocha celebrou a vitória: “Quero registrar que foi feita justiça no caso da vandalização de obra de arte de minha autoria, com sentença que condenou os responsáveis ao pagamento de indenização e devolução do quadro”, disse, nas redes sociais.

publicidade

Ainda cabe recurso da decisão. “Embora ainda caiba recurso, essa decisão é uma vitória importante, que exalta o respeito a quem produz a arte que livra da ignorância. A quem esteve ao meu lado nessa caminhada, deixo meu agradecimento afetuoso”, afirmou a artista plástica.

Comentários