PLR dos Metalúrgicos injeta R$ 62 mi na economia da região

0
Resultado deste ano é 24% maior que o de 2012; sindicato destaca mobilização / Foto: Leandro Palmeira

Resultado deste ano é 24% maior que o de 2012; sindicato destaca mobilização / Foto: Leandro Palmeira
Resultado deste ano é 24% maior que o de 2012; sindicato destaca mobilização / Foto: Leandro Palmeira

publicidade

Os acordos de participação nos lucros e resultados (PLR) negociados pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região vão injetar R$ 62 milhões na economia da região de Osasco.
Ao todo, são 30 mil trabalhadores dos 12 municípios da base territorial da entidade e também em São Paulo. Os valores podem chegar até a R$ 7 mil, como na PLR dos trabalhadores da CTrens/Caf.

30 mil trabalhadores devem receber o benefício

O resultado deste ano é 24% maior que o apurado em 2012. Um dos motivos é o rigor da diretoria do Sindicato para que sejam fechados os acordos, junto a postura da própria categoria que a cada ano tem cobrado mais este direito – garantido pela lei 10.101/91.

publicidade

Tanto é que acordos como o da CTrens/Caf só foram fechados após ficarem em estado de greve e quatro rodadas de negociação. “Isso mostra que mesmo sendo lei e sendo um mecanismo que proporciona um ciclo virtuoso à economia, é a organização dos trabalhadores que determina o pagamento da PLR”, analisa o presidente do Sindicato, Jorge Nazareno.

publicidade
Comentários