PM humilhado em Alphaville pede R$ 50 mil de indenização de empresário

0
empresario pm alphaville
“Não pisa na minha calçada, não pisa na minha rua. Eu vou te chutar na cara, filho da p...”, disse empresário Ivan Storel a policial militar

O policial militar Daniel Nascimento entrou com ação na Justiça cobrando R$ 50 mil de indenização por dano moral de Ivan Storel. O empresário ofendeu ele e outros PMs durante uma ocorrência em sua mansão em Alphaville, Santana de Parnaíba, em 29 de maio, que foi filmada e repercutiu em todo o país.

Se conseguir a indenização, Daniel Nascimento promete doá-la a uma instituição de caridade. “A compensação financeira eventualmente obtida [caso ganhe o processo] será revertida, de forma integral, à associação beneficente Rainha da Paz, que desenvolve importante projeto social na comunidade de Santana de Parnaíba. O policial está confiante na Justiça, com a consequente responsabilização civil do agressor”, declarou, em nota, a assessoria jurídica dele, ao “Uol”.

Além de Daniel, participaram da ocorrência os policiais José Edson Ferreira, principal alvo do ataque de Ivan Storel, e Gesica Desanti, entre outros.

Publicidade

O empresário gritou ao policiais que foi à mansão dele após uma denúncia de violência doméstica feita pela esposa: “Você é um b…. É um m… de um PM que ganha mil reais por mês, eu ganho 300 mil reais por mês. Quero que você se f…, seu lixo do c…”.

Ivan Storel afirmou ainda: “Você não me conhece. Você pode ser macho na periferia, mas aqui você é um b…. Aqui é Alphaville, mano”. Ele também chamou a policial militar feminina que acompanhava a ocorrência de “p…”.

Com a repercussão do vídeo, Ivan Storel gravou um pedido de perdão à polícia pelo modo como agiu. Disse que passa por tratamento psiquiátrico e que estava sob efeito de álcool e remédios. “Eu estava na minha casa, estou em tratamento psiquiátrico, estava sob efeito de álcool, de remédio, e aquilo [a chegada dos PMs em sua casa] me transtornou a cabeça. Agi como nunca deveria ter agido em sã consciência”, afirmou.

Leia também: Fátima Bernardes detona empresário que humilhou PM em Alphaville: “comportamento desprezível”

Comentários