PM voltará a aplicar multas de trânsito em Osasco

Em reunião com agentes de segurança na semana passada, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (PTN), anunciou que a PM voltará a fazer autuações de trânsito na cidade, por meio da renovação de um convênio que já existente no município.

publicidade

“Atualmente contamos apenas com nove agentes de trânsito em atividade na cidade”, afirmou o prefeito, que diz que o reforço na fiscalização visa “fazer com que as pessoas respeitem as leis”.

Comentários

6 COMENTÁRIOS

  1. Enquanto isso os pronts socorros estão as moscas , um monte de atendentes na recepção e pouquíssimos médicos. O prefeito está mostrando suas prioridades.
    Vamos nos lembrar disso nas próximas eleições.
    Cadê as promessas de campanha De. Prefeito?

  2. É um absurdo colocar PMs para esse serviço, pois vão ganhar por número de multas aplicadas e nós cidadãos ficarames a merce dos badindos novamente, pois não será prioridade dá polícia proteger a população e sim ganhar um dinheiro extra.

  3. Multa os bailes funk que ele disse que ia apoiar, so foi gamjar que esaa cambada de bandidos começou a arruaça de novo.

  4. Apenas 9 agentes? Me corrijam se estiver errado, mas no ano passado tinham mais agentes de trânsito do quê, veículos. Aplicavam multas para todos os lados, a fim de baterem a meta estabelecida. Mas, se hoje só tem 9, aonde foram parar os tantos agentes que tinham? Eram contratados ilegais? Eram contratados temporariamente? … se tem 9 agentes, quem está dirigindo todos os veículos e motos do DEMUTRAN? Os veículos estão parados???? Espero que a PM tenha coerência na fiscalização e aplicação de irregularidades, para que não ocorra multas por metas.
    Espero também que estabeleçam um salário compatível para as funções, nada de “gratificar” os agentes (com metas, como fez o Sr. João Gois, quando secretário/chefe do departamento).
    Enfim … espero que ocorra melhorias em ambas as necessidades da cidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui