Por dívida, Justiça de Barueri coloca cinco imóveis de Cafu em leilão

1
Justiça de Barueri leilão bens cafu
Foto: divulgação

A Justiça de Barueri colocou cinco imóveis de Cafu em leilão para quitar uma dívida superior a R$ 5 milhões por um empréstimo não quitado à empresa de gerenciamento de atletas de futebol Capi Penta International Football Player.

O leilão foi autorizado pelo juíz Bruno Paes Straforin, no dia 27 de maio, em cumprimento a um parecer favorável à empresa Vob Cred Securitizadora, que é a responsável pelo empréstimo à Capi Penta.

Os bens penhorados de Cafu estão em um site de leilão virtual e o total foi avaliado por um perito judicial em R$ 5,315 milhões, valor que quitaria a dívida com a Vob Cred.

Publicidade

Estão no leilão uma propriedade do ex-jogador localizada em Mairinque, no interior de São Paulo, com lance inicial de R$ 3,1 milhões e outras três casas, que ficam em Santo Amaro, com lances de R$ 747 mil, R$ 620 mil e R$ 545 mil, respectivamente. Outro imóvel de Cafu que está sendo leiloado é um apartamento, com lance de R$ 404 mil, que fica em Barueri.

Os advogados do ex-jogador tentam suspender o leilão online e contestam o cálculo dos imóveis. “Foi uma decisão absolutamente precipitada. Existe um imóvel colocado em contrato que é suficiente para equacionar o débito. Pedimos à Justiça a nomeação de um novo perito para avaliar esse imóvel. Não se pode levar quatro imóveis a leilão sendo que já existe a garantia prevista [no contrato]”, afirmou a defesa de Cafu ao UOL.

A defesa do ex-jogador alegou ainda que o terreno de Mairinque valeria mais que o dobro do valor calculado pelo perito judicial. “A avaliação realizada apurou que o valor do imóvel dado em garantia perfaz R$ 6.854.400,00, restando claro que qualquer eventual outra penhora em outros bens só poderia ocorrer após a efetiva alienação da referida garantia e constatação de que o produto da sua alienação é menor do que o valor necessário à satisfação integral da dívida”, contestou.

Confissão da Dívida

Cafu assinou uma escritura de confissão de dívida, na qual reconheceu ser devedor de R$ 5 milhões para a Vob Cred em 2017. No documento, o ex-jogador e sua mulher, que representa a Capi Penta teriam se comprometido a quitar a dívida.

Em 2018, a Vob Cred entrou com uma ação judicial contra a empresa e a Justiça reconheceu e determinou o pagamento, com possível penhora de bens, caso a dívida não fosse paga.

Comentários