Possível redução no horário recoloca ciclofaixa em debate

0
Foto: Divulgação

Bicicleta // Prefeitura estuda alteração no horário e adequações nos parques para ciclistas; cicloativistas dizem que reduzir ciclofaixa seria “retrocesso”

publicidade

Carol Nogueira

A possível diminuição do horário da ciclofaixa de lazer em Osasco, reacendeu o debate sobre a utilização das biciblicetas como meio de transporte.

publicidade

Atualmente, a cidade possui 15 km de faixas que funcionam aos domingos das 7h às 16h. O prefeito Rogério Lins (PTN) diz que a prefeitura estuda readequar os parques para os ciclistas e reduzir o horário, possívelmente para até às 13h, devido, segundo ele, à ciclofaixa ser pouco utilizada no período da tarde, quando aumenta o trânsito de carros.

Para o cicloativista José Ricardo Galdini, membro do coletivo CiclOsasco, a possível mudança no horário da ciclofaixa representa um retrocesso. “O fato de [o poder público] ver a bicicleta somente como opção de lazer, é quando as gestões públicas começam errar. A bicicleta é citada no Código de Trânsito”, afirma ele, que utiliza a bike como meio de transporte há 18 anos.

publicidade

Ele avalia ainda que “é urgente e necessário criar ciclovias e ciclofaixas permanentes a fim de atender a demanda atual de mobilidade via veículos não motorizados, que permite a diminuição do trânsito e a melhora da qualidade do ar”, destacou.

De acordo com Galdini, os ciclistas ainda não foram chamados para dialogar com a prefeitura, mas já protocolaram pedido de reunião para apresentar as pautas da categoria.

Entre elas estão elaboração e implantação de um Plano de Transporte Cicloviário com participação dos ciclistas, instalação de bicicletários integrados aos terminais e estações de trem e redução dos limites de velocidade, entre outros.

“Estamos abrindo o debate”, diz secretário 

O secretário de Transportes e Mobilidade Urbana, Carlos Piteri, disse que está em andamento um estudo de demanda da ciclofaixa.

“Não vamos diminuir a prestação de serviço, queremos intervir positivamente. Pretendemos melhorar, ampliar a ciclofaixa e interligar os parques, para que também recebam os ciclistas. Estamos abrindo o debate com a sociedade para fazer mudanças consistentes”, disse.

Comentários