PPS suspende vereadores presos em Carapicuíba

0
Elias Cassundé / Fotos: reprodução/Facebook

Por meio de nota, o PPS-SP anunciou na manhã desta quarta-feira, 24, a suspensão dos vereadores Carlos Japonês, Nenê Crepaldi e Elias Cassundé, que são filiados ao partido e estão entre os presos em ação da Polícia Civil junto ao Ministério Público em operação na terça.

publicidade

Eles são acusados de fraudar processos seletivos para preencher cargos públicos com apadrinhados políticos, de acordo com a Polícia Civil e o Ministério Público.

“Por determinação da Direção Executiva do PPS, os vereadores tiveram as filiações ao partido imediatamente suspensas até que se apurem todas as responsabilidades”, declara, em nota, o presidente do PPS-SP, Davi Zaia, que é deputado estadual. “Não compactuamos com ilegalidades, defendemos a investigação rigorosa dos fatos e punição exemplar a todos os envolvidos”.

publicidade
Elias Cassundé / Fotos: reprodução/Facebook
Elias Cassundé / Fotos: reprodução/Facebook

 

Nenê Crepaldi
Nenê Crepaldi
Carlos Japonês
Carlos Japonês

 

publicidade

Comentários