Praça das Artes, projetada por Ruy Ohtake, deve ser entregue em 2020, diz Prefeitura de Barueri

2

Um novo cartão postal de Barueri começa a se transformar em realidade para oferecer mais opções de teatro, artes, dança e muita cultura à população. Trata-se da Praça das Artes que a Prefeitura começa a construir no bairro Boa Vista, ao lado da rodovia Castello Branco.

publicidade

O equipamento será erguido no quarteirão onde fica o TMB (Teatro Municipal de Barueri) e o Ginásio de Esportes Sérgio Honda. O local dará lugar ao moderno, atrativo e espaçoso complexo cultural do município, projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake. O prazo previsto para término do prédio é março de 2020.


A Praça das Artes terá infraestrutura sustentável (água e energia), pavimento térreo, mezanino e mais quatro pavimentos em terreno de 12.098,28 metros quadrados com área construída de 20,8 mil metros quadrados, de acordo com a Prefeitura.

publicidade

Instalações 

O complexo terá instalações como amplo estacionamento, acessibilidade, Pinacoteca, elevadores e rampas de acesso, restaurante e espaço criança com brinquedos interativos.

A capacidade de atendimento será ampliada para mais de 10 mil alunos nas Oficinas de Artes e Núcleos de Dança e de Música. Com a construção do novo teatro, o espaço para espectadores será aumentado de 620 para 938 pessoas, o estacionamento passará de 10 para 400 vagas, o número de salas subirá de uma para 32.

publicidade


O novo teatro terá dois palcos para ensaios, fosso para orquestra de 50 músicos, iluminação acústica e som de última geração. O complexo contará também com 2 salas de aula de teatro, 6 salas de aula para dança, 12 salas de aula para oficinas de artes visuais e plástica, oficinas de cenários e de figurinos; 16 salas de aula para música (futuro conservatório de Barueri) e oficinas de artesanato.

A Praça das Artes terá espaços multiculturais e será sede da Secretaria de Cultura e Turismo. Além da Pinacoteca e o espaço criança, abrigará a biblioteca de artes, área midiática e saguão de exposições para mostras de arte.

Projeto arquitetônico 

O secretário de Cultura e Turismo, Jean Gaspar, explica que no início de 2017 foi identificada a necessidade de uma reforma geral no Teatro Municipal, que envolvia desde infraestrutura a equipamentos mais modernos.

“Entre tantas, uma das principais preocupações foi a acessibilidade, que além das muitas solicitações dos munícipes para termos um teatro acessível, também foi identificada a dificuldade das adaptações. A outra demanda também foi a falta de salas adequadas na cidade para a formação artística das nossas crianças, jovens e adultos, nas áreas de música, teatro, dança e artes plásticas, que agora será atendida neste novo espaço cultural.”


O secretário ressalta o objetivo do projeto da Praça das Artes. “Pensamos em criar um local onde contemplaríamos desde grandes apresentações artísticas à formação cultural e artística dos cidadãos, tudo em um só ambiente para a vivência de todos. Com este espaço, Barueri entrará na rota cultural do Estado de São Paulo”, afirma.

Para Jean Gaspar, as famílias de Barueri podem ter a certeza que terão no complexo cultural, além de um teatro moderno para receber grandes espetáculos, um local saudável com atividades lúdicas, aulas dos mais diversos estilos artísticos, conectividade e acessibilidade.

“Hoje temos cerca de 3.800 alunos nas Oficinas de Artes. Com a Praça das Artes poderemos atender cerca de 10.000 alunos praticando arte”, diz o secretário.

“A educação pela arte é fundamental para o pleno desenvolvimento humano, em um mundo onde cada vez precisamos que a sensibilidade do olhar, do falar, do ouvir, se aflore nas pessoas para pensarmos mais e melhor o viver de todos, e neste sentido, a arte é fundamental”, completa.

Comentários