Pré-candidato a prefeito de Osasco, Lindoso detona Enel por cobranças abusivas

0
lindoso enel osasco
Durante live, parlamentar exibiu reclamações que recebeu de moradores da cidade / Foto: reprodução

O vereador Elissandro Lindoso, o Dr. Lindoso (Republicanos), pré-candidato a prefeito de Osasco, fez uma série de críticas à Enel pelo alto número de reclamações que têm sido registradas de cobranças abusivas em plena crise causada pela pandemia de covid-19.

publicidade

“Várias pessoas falaram comigo se queixando dessa questão das contas. Pessoas que falam que as contas vinham em torno de R$ 100 e veio R$ 300. Isso está muito preocupante. Grande parte da população tem sofrido com isso e pode ter corte de fornecimento por conta abusiva”, declarou Lindoso, em live nas redes sociais na noite desta quarta-feira (1º).

O vereador exibiu na transmissão de vídeo uma reportagem da Band e outra do Visão Oeste, sobre reclamações de consumidores de Osasco e região sobre contas abusivas de energia elétrica. Lindoso declarou ainda que há a possibilidade de se ingressar com uma ação coletiva na Justiça contra a concessionária.

publicidade

Ele deve protocolar pedidos de providências sobre as reclamações de cobranças abusivas da Enel junto à empresa, à Câmara Municipal e a Prefeitura de Osasco.

“É um absurdo o que está acontecendo na nossa cidade, na nossa região e no nosso país. A Enel não pode, não tem o direito, de simplesmente colocar qualquer valor para que seja cobrado. Isso, para mim, é extorsão do cidadão de bem, essa é a realidade. E nós vamos lutar para impedir que isso aconteça. E depois [o consumidor] passar pelo transtorno de chegar o rapaz lá para cortar sua luz”, declarou Lindoso.

publicidade

A Fundação Procon-SP informou, na sexta-feira (26), que vai realizar uma força-tarefa para analisar as reclamações contra a Enel Distribuição. O órgão fiscalizador registrou um aumento de 373% nas reclamações de cobrança supostamente indevida de maio a junho.

Outra má notícia para o consumidor é que a conta de energia elétrica vai ficar ainda mais cara, já que haverá reajuste a partir deste sábado (4). O aumento médio para clientes residenciais é de 3,5%.

Comentários