Prefeito visita centro poliesportivo na Vila Ayrosa

0

Foto: Leandro Palmeira
Foto: Leandro Palmeira

publicidade

Na manhã de hoje, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), acompanhado do secretário de Esportes, Recreação e Lazer, Tinha di Ferreira, visitou o Centro Poliesportivo Domingos Piteri na Vila Ayrosa. Localizado na rua Ciriema, 120, a Prefeitura tem projetos, em parceria com o governo federal, para ampliar a infraestrutura esportiva do local com a implantação de um Centro de Treinamento e Iniciação ao Esporte de alto rendimento.

Lapas aproveitou o momento para conversar com os munícipes e ouvir sugestões de melhorias para o bairro. O projeto do Centro Esportivo prevê a construção de mais um ginásio, pista de atletismo e arremesso, quadras, dentre outras melhorias. O prefeito fez uma análise sobre o futuro dispositivo. “A Vila Ayrosa trata-se de uma região muito importante e temos poucos espaços de lazer. Será um grande investimento para o bairro, a instalação de um centro de preparação olímpica. Será o único na cidade, valorizará a região e o esporte de Osasco, assim como toda região Oeste da Grande São Paulo”, disse.

publicidade

O prefeito ainda percorreu o local, conversou com os técnicos da Secretaria de Esportes sobre a atual infraestrutura de quadras, campos de futebol, equipamentos de ginástica e pista de caminhada e ainda explicou em que fase está o projeto para a construção de um Centro de Iniciação Esportiva. “Estamos fazendo algumas adaptações em relação ao projeto inicial. No começo, pensamos em demolir o ginásio, mas pretendemos, neste momento, preservar o que já existe e estudaremos a construção de um novo espaço. A ideia é que um ginásio seja utilizado em nível olímpico e o outro fique à disposição da comunidade. Mas reforço que faremos ainda algumas adaptações para avançar com o projeto e, se possível, concluirmos ainda neste ano. O projeto já conta com orçamento federal disponível”, avaliou.

Na sequência, Lapas visitou a Associação de bairro Amigos da Vila Ayrosa.

publicidade

Novo Centro de Iniciação Esportiva
O objetivo dos Centros de Iniciação ao Esporte é ampliar a oferta de infraestrutura de equipamento público esportivo qualificado, incentivando a iniciação esportiva em territórios de alta vulnerabilidade social das grandes cidades brasileiras. O Ministério do Esporte desenvolveu a concepção do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) no âmbito da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O valor de investimento previsto para o modelo III, que será implementado em Osasco, é em torno de até R$ 3,262 milhões.

No modelo III, o tamanho total do terreno é uma área de 7 mil m² e da área construída 3.750 m². No local, haverá um ginásio poliesportivo com arquibancada para capacidade para 177 lugares; área de Apoio (administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público; e ainda estruturas de atletismo. O projeto CIE (Centro de Iniciação ao Esporte – Módulo III), que prevê o ginásio poliesportivo mais complexo de atletismo de 3.700 m², está dividido inicialmente em quatro áreas: (A) salto em altura, (B) raia de atletismo de 110 m, (C) salto em distância/salto triplo e (D) arremesso de peso.

No projeto, a expectativa é de que as modalidades atendidas sejam: esgrima, ginástica trampolim, levantamento de peso, taekwondo, vôlei de praia, boxe, handebol, lutas, ginástica, badminton, tênis de mesa, vôlei, basquete, ginástica artística, judô e atletismo. As paraolímpicas são: esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, voleibol sentado e goalball (jogo praticado por atletas que possuem deficiência visual, cujo objetivo é arremessar uma bola sonora com as mãos no gol do adversário). E ainda como modalidade não olímpica futebol de salão.

Comentários