Prefeito de Osasco cobra do governador e da Sabesp explicação para falta...

Prefeito de Osasco cobra do governador e da Sabesp explicação para falta de água

2
Compartilhar
Antes da eleição, governador Geraldo Alckmin (PSDB) dizia que crise hídrica estava sob controle / Foto: Antonio Cruz-Agência Brasil

Há bairros da cidade onde as toneiras estão secas há seis dias / Foto: reprodução
Há bairros da cidade onde as toneiras estão secas há seis dias / Foto: reprodução

O prefeito Jorge Lapas enviou nesta quarta-feira, 15, ofícios para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e para o presidente da Sabesp, Dilma Pena, cobrando explicações sobre a falta de água em Osasco.

O envio dos ofícios é resultado dos questionamentos que o prefeito tem recebido de moradores de várias regiões da cidade que têm sofrido com a irregularidade no abastecimento, o que leva a entender que o racionamento negado pelo governo de SP já está sendo realizado.

Há bairros onde os moradores relatam falta de abastecimento de água há seis dias, como na região do Jardim Conceição e Primeiro de Maio.

“Tenho recebido da população e de representantes de vários segmentos da sociedade, muitas manifestações de preocupação com os desdobramentos da crise hídrica e seus reflexos no esgotamento da capacidade dos reservatórios, notadamente os do Sistema Produtor de Água Cantareira”, diz o prefeito no ofício encaminhado ao governador.

 

Compartilhar

Comentários