Prefeitura assina convênio com Ministério do Trabalho e BNDS

0

Durante o evento Osasco, cidade sustentável que aconteceu no último dia 13 foi assinado o convênio Organizando catadores (as) no combate a miséria em Osasco, entre a prefeitura e o Ministério do Trabalho e Emprego, com recursos financeiros do  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

publicidade

 O evento foi realizado na Sala Osasco e contou com a presença do prefeito Jorge Lapas, secretários municipais, vereadores e especialistas em sustentabilidade e gestão ambiental urbana. Ao longo do dia aconteceram debates sobre a gestão de resíduos sólidos e da sustentabilidade ambiental em Osasco.

9737817082_74fb8f0be7
Convênio vai garantir a inserção e organização de 400 catadores nas ações de coleta seletiva, entre outros / Foto: Charles Nisz

Sobre o convênio Lapas destacou que todas as ações têm como objetivo garantir que Osasco alcance 100% de coleta seletiva em seus domicílios. “Os recursos do BNDES vão honrar o trabalho das cooperativas de catadores que atuam na cidade e assegurar o aprimoramento da coleta seletiva”, disse.

publicidade

A secretária Mônica Veloso frisou que o convênio vai garantir a inserção e organização de 400 catadores nas ações de coleta seletiva, triagem de resíduos sólidos e educação ambiental, com base nos princípios da Economia Solidária.

Para Guilherme Lacerda, diretor de Infraestrutura, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social do BNDES, a instituição irá contribuir cada vez mais com a cidade. “O BNDS está pronto para liberar os recursos para ampliar o projeto de gestão de resíduos sólidos de Osasco. O projeto do BNDES é andar junto e contribuir com projetos de cunho social e ambiental como o criado pela prefeitura”, afirmou.

publicidade

 

 

 

Comentários