A Prefeitura de Itapevi solicitou ao Exército reforços para combater o Aedes aegypti, mosquito da dengue, zika vírus e  febre chikungunya, entre outras doenças, e estabelecer ações preventivas no município.

publicidade

O pedido foi feito nesta terça-feira, 24,  pelo prefeito Igor Soares (PTN) ao tenente-coronel, Marcelo Paiva, do 20º GACL (Grupo de Artilharia de Campanha Leve), durante encontro no Grupamento Raposo Tavares, em Barueri. Também participaram da reunião o major, Anderson Iwamoto, e o tenente, Francisco Gamboa.

Aos oficiais, o prefeito afirmou que o Exército poderia colaborar na conscientização da população e em ações de prevenção no município, como colocação de telas em caixas d’água.

publicidade

Itapevi tem aproximadamente 50 mil residências para visitação, segundo o prefeito.

O pedido foi feito nesta terça, 24, pelo prefeito Igor Soares (PTN) ao tenente-coronel, Marcelo Paiva

O tenente-coronel se comprometeu a consultar a 12ª Brigada de Infantaria Leve Aeromóvel de Caçapava, a quem GACL é subordinado, para analisar a possibilidade de disponibilizar tropas para Itapevi.

“Faremos o possível para combater a dengue em todo o país e olharemos para Itapevi com carinho”, disse. O Exército já possui um termo de cooperação junto ao Ministério de Saúde e atende as cidades de Pirapora do Bom Jesus e São Roque, segundo Paiva.

publicidade

De acordo com o Centro de Vigilância Epidemiológica do estado, Itapevi teve 35 casos de dengue autóctones (contraídos no município) em 2016.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui