Prefeitura de Osasco confirma diligência do MP e nega irregularidades

1
Foto: Rômulo Fasanaro

Na tarde desta sexta-feira,9, a Prefeitura de Osasco emitiu uma Nota Oficial confirmando que representantes do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) estiveram na sede do Poder Executivo Municipal na manhã de hoje para averiguar denúncia recebida sobre possíveis funcionários fantasmas na Guarda Civil Municipal (GCM), ligada à Secretaria de Segurança e Controle Urbano (Secontru).

Leia Mais: Ministério Público faz diligência na Prefeitura de Osasco

Segundo a nota, o secretário titular da pasta, delegado de polícia licenciado Valdeci Magdanelo, disponibilizou todos os documentos solicitados e prestou os esclarecimentos necessários, não sendo encontrada qualquer irregularidade. “A Prefeitura de Osasco prima pela transparência e legalidade e está sempre à disposição dos poderes constituídos para esclarecer os fatos”, finalizou a Prefeitura.

Publicidade

O Ministério Público também enviou nota oficial à redação do Visão Oeste confirmando a ação. De acordo com o MP, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão deferidos pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Osasco nas sedes da Guarda Civil Municipal, Corregedoria da Guarda Civil, no Secontru e no Departamento Municipal de Segurança Pública de Osasco.

O objetivo da ação era investigar a possível existência de funcionários fantasmas nomeados como Gestores de Núcleos da Guarda Civil Municipal.  “O MP-SP informa que não há qualquer Guarda Civil investigado, apenas pessoas fora do quadro da Guarda Municipal que teriam sido nomeadas para referidos cargos”, destacou o órgão.

Comentários