Início Cidades Prefeitura de Osasco monitora 76 suspeitas de aplicação de vacinas vencidas

Prefeitura de Osasco monitora 76 suspeitas de aplicação de vacinas vencidas

0
Rovena Rosa / Agência Brasil

A Prefeitura de Osasco emitiu nota na manhã deste sábado (3) na qual afirma que está acompanhando os 76 casos no município com suspeita de aplicação de doses vencidas da vacina AstraZeneca contra a covid-19, distribuídas pelo Ministério da Saúde.

publicidade

As suspeitas de aplicação de doses de vacinas vencidas foram divulgadas nesta sexta (2) por reportagem do jornal “Folha de S. Paulo” que informa, com base em registros do Ministério da Saúde, que mais de 1,5 mil municípios brasileiros teriam aplicado pelo menos 25,9 mil doses de vacinas AstraZeneca vencidas.

A Prefeitura de Osasco afirmou, em nota, que “a Secretaria de Saúde está acompanhando 76 munícipes imunizados em 25 unidades de saúde com a vacina AstraZeneca, já que há suspeita de um lote distribuído estar vencido”.

publicidade

Além disso, “técnicos da Secretaria visitarão as unidades de saúde, porque em alguns casos pode ter ocorrido erro de digitação (na hora de registrar a aplicação das doses no sistema)”. Munícipes com suspeita de terem recebido doses vencidas que estiverem com os telefones desatualizados receberão a visita de profissionais da saúde, de acordo com a administração municipal. A Prefeitura reforça ainda: “Não deixe de tomar vacina. Só a vacina salva”.

Reprodução

Na região, além de Osasco, há suspeitas de aplicação de doses vencidas de vacina contra a covid-19 em cidades como Barueri, Carapicuíba, Cotia e Itapevi, cujas prefeituras negam a aplicação de vacinas vencidas.

publicidade

COVID-19// “Não houve aplicação de vacinas após o vencimento”, garante Prefeitura de Carapicuíba

COVID-19// Prefeitura nega aplicação de vacinas vencidas contra a covid-19 em Barueri

Comentários