Prefeitura de Osasco mantém ações de combate à dengue

0

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria da Saúde, continua com ações efetivas de combate à dengue. Diariamente, as equipes do Núcleo de Combate à Dengue saem às ruas para visitação as casas, avaliação de locais onde há prováveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.

publicidade

No mês de julho, as equipes visitaram 23.458 imóveis, colocaram 32 telas sobre caixas d’água, atenderam a oito chamados registrados na Central 156. No total, constataram 679 larvas.

Durante as visitas, os agentes de combate à dengue orientaram os moradores para que eliminem inservíveis que possam acumular água dos quintais; guardem garrafas de cabeça para baixo; mantenham os quintais e áreas externas limpas; substituam a água dos vasos de plantas por terra, e evitem jogar lixo em locais impróprios.

publicidade

Afinal, quando acumulado em terrenos vazios, praças e ruas, o lixo contribui para a proliferação de ratos, baratas, aranhas e até escorpiões.

Zeladoria

As ações de combate à dengue também integram o programa “Seu Bairro no Coração da Gente”, que reúne ações de zeladoria e manutenção como poda de árvores, troca de tampas de boca de lobo, construção e reparos de calçadas, capinação, varrição, roçamento e limpeza.

publicidade

No Jardim Rochdale, as equipes visitaram 8.615 casas, encontraram 613 recipientes com potencial de criadouro e 265 recipientes com água foram tratados e eliminados.

Na Vila Yolanda, também durante o programa “Seu Bairro no Coração da Gente”, foram 4.415 casas visitadas, 1662 recipientes com potencial de criadouro e 832 recipientes com água que foram tratados e eliminados.

CUIDADOS

Prevenir é a melhor forma de evitar a dengue, zika e chikungunya. A maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios, assim as medidas preventivas envolvem a própria casa e também a dos vizinhos.

Garrafas PET e de vidro: As garrafas devem ser embaladas e descartadas corretamente na lixeira, em local coberto ou de boca para baixo.

Lajes: Não deixe água acumular nas lajes. Mantenha-as sempre secas.

Ralos: Tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que estão fora de uso.

Vasos sanitários: Deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico.

Calhas: Limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água.

Cacos de vidros nos muros: Vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água.

Baldes e vasos de plantas vazios: Guarde-os em local coberto, com a boca para baixo.

Plantas que acumulam água: Evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas.

Caixas de água: Mantenha fechada e vedada. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria.

Pratinhos de vasos de plantas: Mantenha-os limpos e coloque areia até a borda.

Lixo, entulho e pneus velhos: Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água.

Comentários