Prefeitura não cumpre prazo e servidores da saúde ameaçam greve

0
"Caso não haja negociação, iremos nos reunir com os servidores e uma paralisação pode acontecer”, afirma Toninho do Caps

"Caso não haja negociação, iremos nos reunir com os servidores e uma paralisação pode acontecer”, afirma Toninho do Caps
“Caso não haja negociação, iremos nos reunir com os servidores e uma paralisação pode acontecer”, afirma Toninho do Caps

publicidade

Terminou nesta segunda-feira, 5, o prazo para a Secretaria de Administração de Jandira, apresentar o impacto financeiro decorrente do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos servidores municipais da saúde.

O Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos dos Municípios de Osasco e Região (Sintrasp) critica a Prefeitura e ameaça paralisação se as conversas sobre o tema não avançarem.

publicidade

“Desde janeiro, o próprio prefeito se comprometeu com servidores em aprovar o Plano, mas até hoje só vemos enrolação e o PCCS não sai do lugar”, diz o vice-presidente do Sintrasp, Antonio Rodrigues, o Toninho do Caps.

A administração municipal alegou falta de mão de obra para a realização do estudo, além da troca de secretários dentro da Administração, antes nas mãos da professora Marly Marques Lobato, diz o sindicato.

publicidade

“O Sintrasp continuará com as negociações e marcaremos uma reunião urgente com o prefeito. Caso não haja negociação, iremos nos reunir com os servidores e uma paralisação pode acontecer”, afirma.

 

Comentários