Presidente da ACEO diz que “não faz sentido” Doria manter Osasco fora da flexibilização da quarentena

0
Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Osasco Dr Amir Gomes
Dr. Amir Gomes espera que a reabertura gradual do comércio aconteça a partir do dia 10 de junho / Foto: reproduão

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Osasco (ACEO), Dr. Amir Gomes, falou, nesta quinta-feira (4), sobre a decisão do governador João Doria de deixar Osasco fora da fase que permite a reabertura gradual do comércio. “É uma situação muito complicada, mas não tem muito sentido liberar a capital e deixar Osasco, por exemplo, de fora. Então, existe algo desconexo aí”.

publicidade

Dr. Amir destacou a reivindicação do prefeito Rogério Lins em buscar a reclassificação do município no plano de retomada gradual das atividades econômicas, que também é pleiteado pelos empresários do município. “Vejo muita boa vontade do prefeito Rogério Lins em nos atender nesse momento. Esperamos que pelo menos a partir do dia 10 de junho, as atividades comerciais possam reabrir”, declarou.

Atendendo ao decreto municipal que concedeu um prazo para que entidades de classe entreguem protocolos de reabertura, a ACEO e o Sindicato do Comércio Varejista de Osasco e Região (Sincomercio) já apresentaram um plano com diretrizes para a retomada gradual das atividades voltado ao ramo varejista, que contempla, por exemplo, lojas de roupas e calçados.

publicidade

Até a próxima semana, a Associação deve apresentar à Prefeitura de Osasco outros quatro protocolos com medidas voltadas aos shoppings, escritórios, concessionárias e imobiliárias. “Vamos nos reunir com representantes da OAB e de algumas entidades de Osasco para que possamos discutir e elaborar protocolos para esses segmentos também”, disse Dr. Amir.

Expectativa para os comércios

As datas comemorativas, como o Dia dos Namorados, por exemplo, são importantes para o comércio, já que há uma procura maior do consumidor por compras e presentes. Esta é uma preocupação para os empresários, segundo o presidente da ACEO.

publicidade

“A gente espera que consigam reabrir a partir do dia 10 de junho, principalmente porque o comércio é movido por algumas datas como o Dia dos Namorados. Então esperamos que a gente consiga reabrir antes dessa data comemorativa”, finalizou.

Em Osasco, a quarentena foi prorrogada até o dia 10 de junho. A expectativa é de que até esta data o governo do estado anuncie a inclusão de Osasco na fase laranja, em que shoppings, escritórios, concessionárias e atividades imobiliárias podem reabrir com uma série de restrições.

Comentários