Início Cidades Procon-SP notifica Americanas e Submarino após sites saírem do ar

Procon-SP notifica Americanas e Submarino após sites saírem do ar

0
lojas americanas osasco barueri carapicuíba vagas de emprego
Divulgação

O Procon-SP notificou nesta segunda-feira (21) a B2W, dona da Americanas e Submarino, após o site de ambas as marcas ficarem fora do ar. O órgão fiscalizador afirma que as páginas apresentam instabilidade desde o fim de semana.

publicidade

Em meio aos rumores de um possível ataque hacker, quem acessou o site da Americanas ainda nesta segunda, encontrou o seguinte comunicado: “A companhia informa que, por questões de segurança, suspendeu proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce e atua com recursos técnicos e especialistas para normalizar com segurança o mais rápido possível. As lojas síticas não tiveram suas atividades interrompidas e permanecem operando”. O mesmo ocorre com a plataforma do Submarino.

americanas submarino fora do ar
Reprodução

A B2W, responsável pelas duas das principais plataformas de e-commerce do país que possuem centros de distribuição em Osasco e Itapevi, deverá esclarecer ao Procon quando o problema foi constatado, a previsão para sua regularização, quais providências e procedimentos relativos aos protocolos de segurança foram implementados, e quais medidas foram tomadas para mitigar possíveis danos decorrentes do ataque noticiado.

publicidade

Também foram solicitadas explicações sobre que tipo de transações e operações foram e ainda estão comprometidas; quais os impactos para o consumidor; se o ataque afetou o banco de dados da empresa e que tipo de informações foram afetadas.

“O Procon-SP quer que a B2W informe e comprove se adota medidas de segurança, técnicas e administrativas para proteger os dados pessoais de acessos não autorizados e de situações acidentais ou ilícitas de destruição, perda, alteração, comunicação ou qualquer forma de tratamento inadequado ou ilícito, conforme disposto no art. 46 da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)”, diz o órgão fiscalizador.

publicidade

A empresa deverá também esclarecer se tem um encarregado de dados nomeado e se realizou treinamento dos seus colaboradores sobre a aplicação da LGPD. A B2W tem até amanhã para apresentar os esclarecimentos.

Comentários