Professores mantêm greve no estado

0

Os professores da rede estadual de ensino de São Paulo se reúnem em assembleia às 14h desta sexta-feira, 26, na avenida Paulista, para avaliar as últimas etapas da mobilização e as respostas obtidas junto à Secretaria de Educação para sua pauta de reivindicações.

publicidade

A categoria está em greve desde 19 de abril, em busca de reajuste de 13,5% e outros itens, incluindo o combate à violência nas escolas. Na tarde desta quinta-feira, 25, representantes da Apeoesp (sindicato que representa os professores do estado de São Paulo) se reuniram com o secretário do Estado da Educação, Herman Voordwald, mas as negociações não avançaram.

“Seu comportamento na reunião não condiz com o que se espera do responsável pela qualidade do ensino na maior rede escolar do país no mais rico estado da federação”, diz a Apeoesp em nota divulgada após o encontro.
A secretaria de Educação afirma que um aumento de 8,1% foi enviado para aprovação na Assembleia Legislativa, o que elevaria em 45,1% os ganhos da categoria entre 2011 e 2014. Também diz que “o andamento das aulas e o calendário escolar permanecem inalterados e os pais devem levar seus filhos à escola”.

publicidade

Pauta dos professores

•Reajuste imediato de 13,5% (2%, mais 5% referentes à recomposição do reajuste prometido para 2012, mais 6% de reajuste já previsto na lei complementar 1143/11)
•36,74% de reposição salarial

publicidade

Comentários