Projeto autoriza supermercados a venderem remédios sem receita

Projeto autoriza supermercados a venderem remédios sem receita

43
Compartilhar
remédios supermercados

Em tramitação na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 1774/19 autoriza os supermercados e estabelecimentos similares a venderem remédios que dispensam receita médica.

Autor do projeto, o deputado Glaustin Fokus (PSC-GO) argumenta que o objetivo é facilitar o acesso da população a esses medicamentos.

Fokus explica que os medicamentos isentos de prescrição são destinados ao tratamento de sintomas e condições de baixa gravidade.

Publicidade

“Tendo em vista a sua segurança e eficácia exaustivamente já comprovadas, esse tipo de produto dispensa o receituário para que possa ser dispensado diretamente ao consumidor final”, diz o autor.

“Geralmente são produtos destinados a tratar cefaleias, acidez estomacal, febre, tosse, dor e inflamação da garganta, assaduras, prisão de ventre, congestão nasal, sintomas de gripes e resfriados, entre outras moléstias”, completa.

Publicidade

O projeto, que altera a lei sobre controle sanitário de medicamentos e insumos farmacêuticos (Lei 5.991/73), já havia sido proposto na legislatura anterior (PL 9482/18) pelo ex-deputado Ronaldo Martins (PRB/CE).

Tramitação

A proposta que permite que os supermercados vendam remédios será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Agência Brasil

…..

Leia também:

Publicidade

Inscrições abertas para cursos gratuitos de tecnologia para alunos da rede estadual em Osasco e região

“Falavam pra me dar tapa na cara”, diz professora vítima de alunos vândalos em Carapicuíba

Tite comenta acusação de estupro contra Neymar: “não vou julgar”

Compartilhar

Comentários

43 Comentários

  1. Está na cara de todos e ninguém quer ver. A indústria farmacêutica e a indústria de alimentos sempre estiveram lado a lado, lhe vendem veneno para comer e agora você terá o remédio para remediar o problema. Faça do seu alimento o seu medicamento e nunca mais precisará ser escravo desses poderosos manipuladores.

  2. Isso venda AAS que muitas pessoas usam para dorzinha na cabeça, dentre outros simples né: mas o AAS é antei agregante plaquetário, ou seja , as plaquetas não se juntam não a formação do tampão plaquetário,e a cascata de coagulação se complica,vou seja o indivíduo sangra até a morte. Por isso é perguntado se o paciente que será submetido a cirurgia, se tomou medicamentos para dor de cabeça e etc.. mão se pode automedicar em qualquer motivo procure sempre o médico. esse projeto e de doido.

  3. Está na cara de todos e ninguém quer ver. A indústria farmacêutica e a indústria de alimentos sempre estiveram lado a lado, lhe vendem veneno para comer e agora você terá o remédio para remediar o problema. Faça do seu alimento o seu medicamento e nunca mais precisará ser escravo desses poderosos manipuladores.

  4. Está na cara de todos e ninguém quer ver. A indústria farmacêutica e a indústria de alimentos sempre estiveram lado a lado, lhe vendem veneno para comer e agora você terá o remédio para remediar o problema. Faça do seu alimento o seu medicamento e nunca mais precisará ser escravo desses poderosos manipuladores.

  5. Eu acho um absurdo porque nas farmácias tem q ter farmacêutico presente em todo o horário de funcionamento. E as farmácias tem um custo alto com os farmacêuticos. Será como vai ficar a situação das farmácias?

  6. Discordo totalmente remedio é coisa seria isso al.enta a auto medicação sem um controle medico.acho que precisamos é de mais médicos nas unidades de saude pri cipalmente nas clinicas da familia ok

  7. Está claro para mim que a indústria da “Doenca” está por trás dessa idéia. Só quem ganha são elas. Fico com Hipócrates, “Faça de seu alimento seu remédio e seu remédio o alimento “…

  8. Não concordo com a venda de medicamentos sem receituário,em supermercados,porque pode trazer algum tipo de risco a saúde da população,sem conta que esses medicamentos pode trazer algum efeito colateral as pessoas,por exemplo: imagina vender dipirona e paracetamol em supermercados, quanto que estes medicamentos são perigosos. Estes deputados não saber inventar outros tipos lei não, porque que eles não inventam uma aprovação para colocar mais médicos nos postos de saúde do SUS.contratar profissionais de saúde,compra medicamentos para as farmácias de hospitais públicos.porque a população fica sendo jogado no corredores de hospitais públicos em todo o país.

  9. Acredito que um projeto que vai realmente beneficiar toda a populaçao Brasileira é a Reforma Tributaria nesse pais. Sr. Deputado por favor faça honrar a sua funçao como representante da populaçao. Use o bom senso e faça um projeto que beneficie a todos de forma geral. Precisamos de bons projetos e nao projetos paleativos sem sentido e de forma irresponsavel. X

  10. Acredito que um projeto que vai realmente beneficiar toda a populaçao Brasileira é a Reforma Tributaria nesse pais. Sr. Deputado por favor faça honrar a sua funçao como representante da populaçao. Use o bom senso e faça um projeto que beneficie a todos de forma geral. Precisamos de bons projetos e nao projetos paleativos sem sentido e de forma irresponsavel.

  11. Tem muita comunidade rural que tem mercadinhos porém tem tem farmácias em um raio de 30 km, por exemplo. Então essa medida favorece essas pessoas de comunidades distantes. Por isso eu sou afavor

  12. É assim em toda Europa, EUA, e flui muito bem. Além dos valores q são mais acessíveis do que na farmácia… lógico q não se tratam de remédios com tarjas!!!

  13. Faço uma pergunta bem simples, supermercado
    é estabelecimentoo de saúde? Cada estabelecimento terá uma área reservada e um profissional farmacêutico para ser feita a dispensação e orientação correta? Ou esse deputado é proprietário de supermercado e quer apenas aumentar ainda mais seus ganhos?

  14. O que esse deputado deveria se preocupar e em tirar os farmacêuticos da senzala, que não tem direito nem de fazer um exame,se não for encontrado no trabalho, é multada a farmácia, pensa nisso

    • Gente o que adianta tá falando sobre esses caras na política que vocês mesmo votaram neles agora tem que engolir o que vier , na prática farmacêutico e auxiliares de farmácia só servem pra vender e mais nada. Até pra Preencher uma receita eles não querem, só querem saber da Porcentagem que vão ganhar na medicação, então qual é a diferença de você levar qualquer quantidade e qualquer remédio? Se toca gente desse Brasil todo mal administrado, por isso que eu pago multa em toda eleição kkkkkkkkkkk

  15. Quem é contra sabe que esta lei é para facilitar para as pessoas o deslocamento .aqui no mei interior nao tem farmacia tenho que andar 32 km para comprar um cpmprimido para dor de cabeça.

  16. Ainda bem que ė só remédios !
    Já imaginou se autorizar vender medicamentos.
    Aí sim é o fim, depois do farmacêutico estudar 5 anos
    Para,informar a forma correta de se usar os medicamentos
    Ver as interações ,que é de muita importância para o tratamento ter sucesso…..
    Já imaginou o verdureiro o açougueiro vendendo
    medicamentos …
    Cadê a responsabilidade Brasil …
    Significado de remédio..
    Chás .um abraço,academia uma massagem etc ..
    Aí sim o mercado ficará interessante de se frequentar..

  17. Concordo plenamente só assim acabará o monopólio das farmácias e o remédio ficará mais barato . Antigamente era assim e não se via tanta gente em hospital.

  18. Não acho que vai aumentar pessoas utilizando mais remédios e morrendo.
    Gente, quando vamos a farmácia, qualquer pessoa pode pegar esses remédios e se dirigir ao caixa pagando normalmente. Só vai facilitar, ao invés de ir na farmácia e no mercado vai só no mercado.
    Esses remédios todo mundo que gosta de tomar remédio sem prescrição compra na farmácia do mesmo jeito, não entendi qual o problema.
    Só vai aumentar as opções de “onde encontrar”

    • Queridinha. Acontece que na farmácia os profissionais são instruídos a dizerem o que você pode ou não pode tomar. Se tu for alérgico a dipirona e comprar um Buscopan composto o farmacêutico vai dizer que tu não pode toma-lo, já no mercado… Bem… Você provavelmente vai morrer por causa de uma anafilaxia.

    • Vc que pensa minha amiga, trabalho no ramo farmacêutico e o que tem processo alérgico, intoxicação e reações adversa
      Antigripais, ant térmicos e outros são muito mais perigosos que certo tarjado

  19. Fazer a reforma fiscal e tributária a reforma política pra daí sim parar de enganar o povo e fazer uma reforma da previdência que tire privilégios dos que ganham mais e não essa enganação que tão propondo para encher o bolso dos bancos ninguém quer fazer e nem o povo reivindica agora essas baboseiras pra desviar o foco desse povo burro eles fazem. Justamente porque sabe que a maioria e burra tudo metido a saber e não passam de analfabetos funcionais

  20. Pelo jeito esse deputado deve ser farmacêutico ou quem e á favor desse absurdo então esse deputado deve ficar nos mercados alertando sob o risco de um analgésico pra quem tem hipertensão oque pode ou não se associar com um agravante plaquetario oque pode ou não interagir com determinados medicamentos pelo jeito o deputado e seus apoiadores deve saber oque significa um efeito rebote e pó aí vai.

  21. Péssimo projeto. Todo medicamento, mesmo aqueles isentos de prescrição apresentam riscos, efeitos adversos, riscos de intoxicação, interações com outros medicamentos e efeitos prejudiciais quando utilizados de modo incorreto e cronicamente. Um projeto desse só visa lucro e não o uso racional de medicamentos e a promoção da saude. Além disso, impede que a população possa ter o direito de ser adequadamente orientada e prestada a devida atenção farmacêutica necessária. A automedicação traz riscos de se mascarar doenças mais graves e até mesmo impede o adequado encaminhamento para atendimento medico especializado quando necessário o que aumenta o risco de complicações e até mesmo morte.

  22. Um absurdo, uma farmácia pra comercializar medicamentos tem que se adequar a uma serie de existência o e de taxas absurdas. Aí vem o mercado e vende sem precisar pagar absolutamente nada de taxa.

  23. O que os profissionais de saúde mais tentam combater e conscientizar a população acerca do Uso Indiscriminado de medicamentos devido tantas doenças causadas pela automedicação e falta de instrução adequada, agora o projeto de lei visa aumentar os problemas com a falta de um profissional adequado. Ou teremos 1 farmacêutico por supermercado???. “A diferença entre o remédio e o veneno está na dosagem”.

  24. Discordo pois vai aumentar automedicação e tomar medicamentos sem orientação nos traz várias reações adversas.

  25. Uma porcaria, não concordo supermercado não é farmácia e ponto. Só era o que faltava, uma lei dessa. Se for pra vender medicamentos vai ter que colocar farmacêutico também quem vai auxiliar,ajudar e tirar as dúvidas do cliente. Não concordo horrível essa proposta

  26. Uns remédio a Anvisa proíbe vender, agora até mercado vai vender remédio ,,mas qd eles querem colo Cam até bar o poder vender mais sem receitas

  27. Por isso o Brasil é uma merda !
    Onde estão os projetos eficientes?
    Porque não propõem isenção de IPVA para quem instalar o kit gás no carro por exemplo?
    Deputados de bosta !

  28. Uma boa sim, muitas vezes as pessoas, como eu por exemplo, perdemos horas em pronto Socorro simplesmente, para pegar uma receita médica e poder comprar o medicamento na farmácia, uma dor de garganta por exemplo, já sabemos os sintomas, ontem mesmo fiquei 3 horas em um pronto Socorro com meu filho especial, simplesmente Para pegar uma receita e comprar o medicamento na farmácia, pois já sabia o que meu filho tinha.

    • necessário a receita se o remédio prescrito exige. caso contrário era só você ir a qualquer farmácia e adquirir. poderia até conversar com o farmacêutico e ver se sua decisão sobre o remédio pretendido seria o melhor. Não a venda em supermercados, vai facilitar o consumo desnecessário.

  29. Pra gerar emprego nada.
    Eta povo que não tem criatividade.
    Na farmácia sempre tem um “atendente” que nos tira dúvidas.
    Sou contra. Tem de continuar mas farmácias mesmo.

  30. Esses medicamentos já são vendidos sem receita e geram um bom lucro para as farmácias. Vai ver ele tem supermercados por isso o seu interesse neste projeto. Kkkkk

  31. Não é uma boa ideia. Apesar de alguns medicamentos não necessitarem de receita, quando adquiridos em farmácias, sempre existe a possibilidade de orientação de um farmacêutico, o que não vai ser possível em um mercado. Alguns sintomas aparentemente simples podem ser consequência de doenças graves. Além disso, esses medicamentos já são de fácil acesso nas milhares de farmácias que existem nas cidades. Portanto eu não vejo nenhum benefício nesse projeto.

  32. Péssimo projeto. Essa classe de medicamento corresponde a um percentual significativo da venda de uma farmácia. Se o número de pontos de venda de determinado produto aumenta exponencialmente da noite pro dia, a tendência é que os pontos de venda tradicionais, no caso das farmácias, vejam suas vendas caírem, consequentemente sendo obrigados a cortar custos de operação. Geralmente sobra pro empregado. Não acho tal medida necessária. Tem uma farmácia por esquina em qualquer lugar. Só fortaleceria os grandes varejistas.

  33. população quer emprego. Esses medicamentos já estão a disposição nas drogarias e farmácias. Sera que esse projeto não tem interesses pessoais?

  34. Não concordo, pois os brasileiros já se automedicação excessivamente e isso vai facilitar ainda mais. E há uma série de medicamentos sem receita que diabéticos, cardíacos, pessoas com problemas na tireóide e outros problemas de saúde, que não podem ser usados por estas pessoas. Não precisam de receita, mas de orientação do farmacêutico. Além do mais, o Farmacêutico tem que estar presente nas farmácias em período integral se é atendimento , não só pra vender remédios controlados e antibióticos, mas para orientar os clientes. Isso desvaloriza o profissional e banaliza a venda de medicamentos.

  35. As farmácias são obrigadas a ter farmacêutico justamente por causa dos remédios sem prescrição, e os supermercados vão ter também?

Faça seu comentário

Mais notíciasPrefeitura de Osasco entrega reforma da praça 31 de Março
Mais notíciasFeriados que caírem em dias úteis podem ser antecipados para as segundas-feiras