Projeto de 13º para vereadores de Osasco “vai permanecer”, diz Ricardo Silva

0
O vereador Ricardo Silva

“A gente vai permanecer”. É o que afirmou o vereador Ricardo Silva (PRB) nesta terça-feira, 28, sobre o projeto que prevê a implantação do 13° salário e adicional de férias para os vereadores de Osasco.

publicidade

Já o vereador Ni da Pizzaria (PODE) se esquivou de comentar. “O Supremo determinou que o 13° salário é um direito trabalhista do Legislativo e do Executivo, só que a gente não tem uma posição. Por enquanto, não podemos nem ser a favor, nem ser contra”, comentou o vereador.

Em primeira votação, a proposta de 13º salário para os parlamentares de Osasco teve 18 votos favoráveis e três ausências. Como cada vereador ganha mais de R$ 15 mil reais por mês, o impacto do 13º e adicional de férias aos cofres do município ultrapassaria R$ 400 mil por ano.

publicidade

A aprovação do 13º e adicional de férias para vereadores tem o aval do Supremo Tribunal Federal, que autorizou o pagamento do benefício aos parlamentares em decisão no início do ano. Para isso, cada município precisa estabelecer sua legislação sobre o tema.

A Câmara de Itapevi foi a primeira a aprovar o 13º e adicional de férias aos parlamentares, seguida por Barueri.

publicidade

Comentários