Início Brasil Quase todos os eleitos pela região votam pelo impeachment

Quase todos os eleitos pela região votam pelo impeachment

0

Sim//  Grande parte dos deputados federais mais votados nas cidades que compõem o Cioeste votaram pelo impedimento da presidente

publicidade
3-Bruna - Reprodução (Custom)
“Saquearam a nossa república, mas hoje resgataremos a esperança do povo brasileiro. Pela minha querida cidade, Barueri, pela minha família, meu voto é sim”

A grande maioria dos deputados federais mais votados na região na eleição de 2014 votou favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff no último domingo na Câmara. Em Osasco, dos dez políticos mais votados, cinco foram eleitos ou reeleitos e cumprem mandato. Apenas Valmir Prascidelli (PT), que teve 37.615 votos, foi contra o impeachment. Bruna Furlan (PSDB), Celso Russomano (PRB), Tiririca (PR) e Pastor Marco Feliciano (PSC) votaram pela derrubada de Dilma.

3-Valmir Prascidelli - Reprodução (Custom)
“Por direitos iguais a todos os brasileiros. Com a consciência tranquila, diferente de muitos aqui, mas com o coração cheio de esperanças de que a luta por um Brasil melhor vai continuar. Pela democracia e contra o golpe eu voto não”

Os votos já eram esperados, com exceção de Tiririca, que não havia declarado sua posição até o momento. Depois, revelou-se que o comediante esteve no hotel onde o ex-presidente Lula montou um QG para tentar angariar votos contra o impeachment. “Esse cara esteve comigo hoje. Como ele faz isso? Ele ia votar com a gente”, teria dito Lula, segundo o jornal Folha de S. Paulo. Tiririca esteve entre os dez mais votados nos oito municípios que compõem o Cioeste.

publicidade

Em Barueri, Valmir Prascidelli também foi o voto solitário no “não”entre os dez deputados federais mais votados na cidade. Bruna Furlan, Celso Russomano, Tiririca, Marco Feliciano e Bispo Antônio Bulhões (PRB) votaram “sim”. A filha do ex-prefeito Rubens Furlan utilizou os temas corrupção, família e sua cidade natal na hora de declarar o voto. “Saquearam a nossa República, mas hoje resgataremos a esperança do povo brasileiro. Pela minha querida cidade, Barueri, pela minha família, meu voto é sim”, disse.
Entre os deputados mais votados por Carapicuíba, aparece o sindicalista Paulinho da Força (SD), um dos principais opositores do governo e aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a quem defende no Conselho de Ética da Câmara.

Itapevi
Entre os dez mais votados de Itapevi, dois votos contra o impeachment: Valmir Prascidelli e Carlos Zarattini (PT). Foram a favor: Bruna Furlan, Celso Russomano, Tiririca, Bispo Antonio Bulhões, Marco Feliciano e Floriano Pesaro (PSDB).

publicidade

Jandira
Apenas Arlindo Chinaglia (PT), sétimo mais votado na cidade, com 1.613 votos, votou “não”. A favor estiveram Bruna Furlan, Celso Russomano, Tiririca, Marco Feliciano, Antonio Bulhões.

Cotia
Todos os dez mais votados em Cotia foram a favor da deposição da presidente. São eles: Celso Russomano, Tiririca, Eli Corrêa Filho (DEM), Bruna Furlan, Rodrigo Garcia (DEM), Antonio Bulhões, Marco Feliciano e Bruno Covas (PSDB).

Santana de Parnaíba
Todos os deputados mais votados e eleitos de Parnaíba votaram “sim”. São eles: Paulinho da Força, Bruna Furlan, Celso Russomano, Tiririca, Marco Feliciano, Mara Gabrilli (PSDB), Roberto Alves (PRB) e Herculano Passos (PSD).

Pirapora do Bom Jesus
Todos votaram “sim”. Silvio Torres (PSDB), Celso Russomano, Baleia Rossi (PMDB), Tiririca, Herculano Passos (PSD), Bruna Furlan, Ricardo Tripoli (PSDB) e Jorge Tadeu (DEM).

Comentários