Que venha Camarões!

0

Foto: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
Foto: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM

publicidade

João Brasileiro da Silva

Antes de tudo, calma. Muita calma, pessoal. Foi normal, nada de mais, nada de mais mesmo, o empate da nossa seleção contra o México na terça-feira. Não tem essa de que o Brasil jogou mal como andam dizendo, não.

publicidade

Dia inspirado
Se Brasil e México se enfrentarem mais 10 vezes, aposto que vamos ganhar todas e aquele goleiro maledeto nunca mais vai agarrar como agarrou na terça. Aquilo foi um dia inspirado, muito inspirado, do goleiro, nada mais! O que foi aquilo na cabeçada do Neymar?!
Foi até bom que encaramos uma pedreira, quer dizer, muralha, assim logo no começo. Faz a rapaziada conter um pouco o oba-oba, o já ganhou. E para o Felipão avaliar possíveis mudanças, não é? Hmmm, o Paulinho e o Fred sei não hein… E o Ramires no lugar do Hulk também não deu muito certo.

Pagar o pato
Quem vai pagar o pato do nosso tropeço contra o México, dos questionamentos que surgiram, coitada, é a seleção de Camarões, saco de pancadas do grupo. Vamos lá, Brasil, mostrar que podemos fazer mais do que os 4 a 0 feitos pela Croácia nos camaroneses. É jogo pra se encher de moral!
Os camaroneses já brigaram com dirigentes pelo pagamento de premiações e ameaçaram não vir à Copa, brigaram entre si, na goleada sofrida contra a Croácia, quarta, e tem Eto’o se achando o dono do mundo, com regalias por ser o astro da equipe. Que mala, hein, Eto’o! E o rei da cocada preta não deve enfrentar o Brasil por estar lesionado.

publicidade

Profissionais, homens
Mas apesar do ambiente turbulento entre os camaroneses, acredito que a vitória pode não ser tão fácil como imaginamos. Afinal, são profissionais, são homens, e não vão querer deixar a Copa como um mero saco de pancadas, né não?! Ganhar e ajudar a eliminar o Brasil aqui pode ser um feito histórico para eles… Sai zica!

Oitavas
E para as oitavas de final hein, galera? Pegaremos Chile ou Holanda, duas seleções que estão jogando muito. Apesar de o Chile ser nosso freguês, eu mantenho a confiança no nosso time e, se pegarmos os holandeses, vamos ter a revanche de 2010!

Comentários