“Queria abraçar alguém com coronavírus para pegar logo”, diz Carla Zambelli

2
carla zambelli coronavírus
Reprodução

Uma das principais aliadas do presidente Jair Bolsonaro, a deputada federal Carla Zambelli (sem partido-SP) deu mais uma declaração polêmica nesta segunda-feira (27): “Queria abraçar alguém com coronavírus para pegar logo e tirar isso da minha cabeça”, disse a parlamentar, em entrevista ao programa “Pânico”, na rádio Jovem Pan.

“Queria ficar 14 dias [isolada], tomar cloroquina”, continuou a parlamentar. Depois, ela disse que não estava brincando. “Essa expectativa de pegar ou não pegar é muito ruim. Queria voltar à minha vida normal”.

Na mesma entrevista, Carla Zambelli diz que ficou triste com o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro e negou que tenha agido para oferecer a ele uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) em troca de mudanças no comando da Polícia Federal, antes do pedido de demissão dele.

Publicidade

Comentários