Rachel Sheherazade abre processo contra o SBT na Justiça de Osasco

1
Reprodução

A jornalista Rachel Sheherazade entrou com processo na 3ª Vara Trabalhista de Osasco contra o SBT, sediado no município. Além de pedir o reconhecimento do vínculo empregatício com a emissora em que trabalhou por quase 11 anos como pessoa jurídica, ela quer o pagamento de todos os direitos trabalhistas, como férias, 13° salário e FGTS.

publicidade

Como contratada do SBT, Sheherazade ficou à frente do telejornal SBT Brasil, onde foi destaque por suas opiniões polêmicas. O contrato dela com a emissora estava previsto para terminar em outubro, mas a jornalista afirmou que o fim do vínculo foi antecipado pelo SBT, que a impediu de se despedir do público.

De acordo com o site Na Telinha, do Uol, o advogado da jornalista na causa é André Froes de Aguilar, o mesmo que defendeu o Hermano Henning na saída do SBT, em 2017, após 23 anos na emissora também como pessoa jurídica. Na época, a emissora foi condenada a pagar R$ 100 mil ao jornalista.

publicidade

>>> Leia também: Cobrança de Zona Azul é suspensa em Osasco

publicidade

Comentários