Rafaela Parducci: A pessoa com deficiência e o direito ao voto

Rafaela Parducci: A pessoa com deficiência e o direito ao voto

0
Compartilhar
Rafaela Parducci – Coordenadora Técnica da Associação Pestalozzi de Osasco

Rafaela Parducci – Coordenadora Técnica da Associação Pestalozzi de Osasco
Rafaela Parducci – Coordenadora Técnica da Associação Pestalozzi de Osasco

O voto é um dos principais meios de participação popular e de exercício da cidadania. Por meio do voto elegemos nossos representantes, seja na esfera municipal, estadual ou federal e, desse modo, somos diretamente responsáveis pelo rumo da nossa cidade e do nosso país.

Contudo, o processo eleitoral para se tornar democrático como é hoje, passou por grandes transformações ao longo dos séculos.

Publicidade

Até o século XIX somente homens, brancos e ricos tinham o direito de votar e serem votados. Outras pessoas da sociedade como os negros, as mulheres, os pobres e as pessoas com deficiência não podiam participar do processo de eleição de seus representantes.

É importante saber que a partir da Lei Brasileira de Inclusão (Lei 13.146/2015) as pessoas com deficiência, como qualquer outro cidadão, além de terem garantido o seu direito ao voto, elas também têm o direito de, no ato do voto, receber o auxílio de uma pessoa de sua escolha.

Publicidade

Para a Pestalozzi de Osasco, a possibilidade de as pessoas com deficiência intelectual receberem esse apoio na hora do voto representa mais um avanço em direção a efetivação de sua cidadania e o seu reconhecimento como sujeito de direitos. As pessoas com deficiência intelectual não devem ser influenciadas e sim esclarecidas para exercer sua liberdade de escolha.

Associação Pestalozzi Osasco: rua Dionísio Bizarro, 415, Jd. Ester / Tel.: 3682 2158 / [email protected]

Compartilhar

Comentários