Compartilhar

Leandro Conceição

As oito cidades da região que fazem parte do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste) perderam, juntas, o total de 31.708 vagas de emprego formal no ano passado, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados dia 20 pelo Ministério do Trabalho.

Foram registradas na região em 2016 um total de 249,5 mil desligamentos e 217,8 mil contratações. Barueri teve o pior saldo, com 10,3 mil empregos a menos (101,8 mil desligamentos e 91,5 mil admissões), segundo o Caged.

Publicidade

Em Osasco foram perdidas 8.152 vagas formais. Em seguida vêm Cotia, com saldo negativo de 4.536 e Itapevi, 3.448.

O único município do Cioeste que encerrou o ano com saldo positivo foi Pirapora do Bom Jesus.

Menor cidade da região, com 17,5 mil habitantes, Pirapora teve 21 vagas criadas em 2016, com 413 admissões e 392 desligamentos – Veja o saldo de todas as cidades do Cioeste na tabela.

No país, foram eliminados 1,3 milhão de postos de trabalho 

Em todo o país, no acumulado de 2016, foram eliminados 1,3 milhão de postos de trabalho, diminuindo o estoque de vagas formais em 3,33%.

De acordo com os dados do Caged, os oito setores de atividade econômica avaliados sofreram queda no nível de emprego. O setor de Serviços teve a maior redução do estoque de vagas em termos absolutos, com 157,6 mil postos a menos.

O setor Indústria de Transformação perdeu 130,6 mil vagas. A maior queda percentual foi na Construção Civil, com 82,5 mil postos de trabalho fechados, o que representa um encolhimento de 3,47% do setor.

EMPREGOS FORMAIS NA REGIÃO EM 2016

Cidade admissões desligamentos saldo
Osasco 50.090 58.242 -8.152
Barueri 91.539 101.869 -10.330
Carapicuíba 13.562 14.713 -1.151
Itapevi 11.127 14.575 -3.448
Jandira 5.805 6.772 -967
Pirapora 413 392 21
S. de Parnaíba 21.192 24.337 -3.145
Cotia 24.108 28.644 -4.536
Total 217.836 249.544 31.708

 

Comentários

Faça seu comentário