Com os radares de Osasco desativados desde o fim do ano passado por falta de pagamento por parte da gestão anterior, o prefeito Rogério Lins (PTN) anunciou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 30, que a administração municipal vai recolocar os equipamentos em funcionamento.

publicidade

LEIA TAMBÉM:
Radares em Osasco causaram a “perda de muitas cartas de motorista de cidadãos trabalhadores e honestos”, diz ex-deputado

Ainda não há prazo definido, mas o prefeito antecipou que os trâmites para a volta dos radares estão “em fase adiantada”.

publicidade

“Os radares, não entendo que tenham um caráter arrecadatório, mas para que os motoristas saibam que não pode andar a 100 km/h na avenida dos Autonomistas, não pode passar no farol vermelho, porque às vezes a pressa dele provoca um acidente que custa uma vida”, declarou.

“Que pague pela imprudência” 

“Quem quiser andar a 100 km/h, que pague pela sua imprudência. Quem quiser passar no farol vermelho, que pague pela sua imprudência”, afirmou Lins.

publicidade

De acordo com o prefeito, a administração vai “fazer uma ampla divulgação nos locais onde for implantada a fiscalização eletrônica, avisar com placa de identificação numa distância adequada para a pessoa saber que naquela avenida tem fiscalização”.

PMs voltam a multar no município

Além disso, após reunião com agentes de segurança na semana passada, Rogério Lins anunciou que a PM voltará a fazer autuações de trânsito na cidade, por meio da renovação de um convênio que já existente no município.

“Atualmente contamos apenas com nove agentes de trânsito em atividade na cidade”, afirmou o prefeito, que diz que o reforço na fiscalização visa “fazer com que as pessoas respeitem as leis”.

Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. Se preocupar em coloca mais ladrões na cadeia ele não quer .. a é esqueci ! Custa caro manter um ladrão na cadeia hj .. governo nojentos o do nosso país.

  2. Rogério Lins ainda não provou sua inocência referente ao mandato como vereador. Ele é igual aos políticos de Brasilia. Preocupado apenas com o seu bem estar, enquanto isso o povo paga as contas e a vida que segue. IPTU é uma fortuna, nao sabemos pra onde vai essa verba, os asfaltos são umas verdadeiras estradas de rally.
    Saude e segurança não existem. GCM se tornou invisível, ninguém vê nas ruas. Isso tudo é revoltante!!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui