Rogério Lins dá como certa reabertura do comércio em Osasco a partir do dia 15 e pede ampliação da frota de ônibus

0
rogerio lins osasco covid 19
Foto: Marcelo Deck

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (PODE), indicou que dá como certa a liberação para o início da reabertura gradual do comércio e serviços considerados não essenciais no município a partir da próxima segunda-feira (15).

publicidade

Tanto que o prefeito anunciou a solicitação para que as empresas transporte coletivo da cidade coloquem mais 100 ônibus em circulação a partir da data, com o objetivo de garantir “mais segurança para a reabertura responsável e gradativa do comércio”, declarou, nas redes sociais.

A expectativa de Rogério Lins e dos outros prefeitos das cidades que formam o Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste) é que o governador João Doria (PSDB) anuncie nesta quarta-feira (10) a inclusão dos municípios na segunda fase, a laranja, da reabertura do comércio, na qual podem abrir, com uma série de restrições: comércio, shopping, escritórios, concessionárias e atividades imobiliárias.

publicidade

De acordo com o prefeito de Osasco, a cidade “atende 100% dos requisitos técnicos para a retomada das atividades”.

O governo do estado considera a ocupação de leitos de UTI abaixo dos 80% como preceito básico para a possível flexibilização da quarentena contra a disseminação do novo coronavírus (covid-19). Segundo dados da administração municipal, até esta segunda-feira (8), Osasco registrava uma ocupação de quase 70% dos leitos de UTI e emergência e 40,3% dos respiradores.

publicidade

A cidade contabiliza, até o momento, 4.159 casos e 360 mortes com confirmação de covid-19, de acordo com a Prefeitura.

 

Comentários