"O PTN fez um amplo estudo, com um corpo técnico, para trazer esse projeto de aproximação com o cidadão e a gestão pública”, afirmou Rogério Lins

Foi iniciado na segunda-feira, 21, um projeto de reposicionamento político do PTN. A meta é transformar o partido em um movimento político-social. Neste contexto, a partir de 10 de dezembro a legenda muda de nome e passa a se chamar Podemos. Os dois prefeitos eleitos pelo partido na região, Rogério Lins, em Osasco, e Igor Soares, em Itapevi avaliam que o reposicionamento deve aproximar o partido da população.

publicidade

“Hoje existe uma crise de representatividade na política. As pessoas não se sentem bem representadas pelos partidos e nem pelos políticos. O PTN fez um amplo estudo, com um corpo técnico, para trazer esse projeto de aproximação com o cidadão e a gestão pública”, avaliou Rogério Lins.

Igor Soares foi no mesmo tom: “Vamos poder estar mais conectados com a população”.

publicidade

Os dois participaram de encontro da legenda no dia 21. O evento teve apresentações de pesquisadores, sociólogos e cientistas políticos, sobre a atual crise de representatividade enfrentada pelo meio político entre a população brasileira.

“Chega dessa luta de esquerda e direita”, diz presidente da legenda

Segundo os dados expostos, 91% dos brasileiros não confiam em partidos políticos e 79% não se sentem representados pelos partidos políticos.

publicidade

“O Podemos é uma resposta a esta nova sociedade que vive em um mundo conectado, mas com uma política que não quer”, disse a presidente nacional da legenda, a deputada federal paulista Renata Abreu.

“Somos um partido movimento que defende mais transparência, mais participação e mais democracia direta, organizado como um coletivo de causas”, afirmou Renata Abreu.

“Chega dessa luta de esquerda e direita, precisamos ir para frente”, completou ela.

Em ascensão 

O PTN foi o partido que mais cresceu no país nas eleições municipais de outubro, com a eleição de 30 prefeitos, 54 vice-prefeitos e 760 vereadores, que se somam a uma bancada que já conta com 17 deputados estaduais e 13 deputados federais.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui