São Paulo e Cruzeiro fazem duelo decisivo

0

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

publicidade

São Paulo e Cruzeiro fazem neste domingo, 16h, no Morumbi, o que muitos consideram a “final antecipada” do Campeonato Brasileiro. Com seu quarteto mágico, o Tricolor tenta continuar na cola da Raposa na briga pelo título.
Embalados por uma sequência de oito jogos invicto, período em que somou seis vitórias e dois empates, os são-paulinos já pensam neste confronto com o Cruzeiro como uma “final” há pelo menos três rodadas.
“Se não ganharmos do Cruzeiro em casa, não temos condições de brigar pelo título”, afirmou Rogério Ceni há duas semanas, no dia 31 de agosto, após o empate do São Paulo em 1 a 1 fora de casa com o Figueirense.

Tricolor evoluiu com quarteto mágico

Agora, depois da goleada por 4 a 2 sobre o Botafogo, na quarta, o técnico Muricy Ramalho reforçou a importância de vencer o Cruzeiro domingo: “Para nós é decisão. Precisamos ganhar”. No primeiro turno, Cruzeiro e São Paulo empataram por 1 a 1, em Minas.

publicidade

Se a Raposa deslanchou na ponta da tabela com uma regularidade impressionante, o São Paulo de Muricy Ramalho evolui junto ao entrosamento de seu quarteto mágico, formado por Kaká, Ganso, Alexandre Pato e Alan Kardec.
“Quem vai ao estádio vê o São Paulo mostrando um bom futebol. Dá gosto de ver esse time jogar, sempre na direção do gol”, declarou Muricy após a vitória sobre o Botafogo.

Casa cheia

publicidade

A torcida tricolor esgotou, nesta quinta-feira, 11, os ingressos de arquibancada para a partida . A diretoria são-paulina espera um público de pelo menos 60 mil pessoas no Morumbi na decisão de domingo.
No complemento da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro recebeu o Bahia no Mineirão e venceu de virada por 2 a 1, mantendo em sete pontos a diferença para o São Paulo na tabela.

Cheio de desfalques, Palmeiras tem missão difícil contra o Fluminense no Maracanã

A vitória por 1 a 0 sobre o Criciúma fez o Palmeiras respirar aliviado por passar mais uma rodada fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, 18h30, o Verdão tem mais uma missão complicada para continuar afastado do Z4. O time encara o Fluminense, que briga por vaga no G4, no Maracanã.

Para sair da situação complicada na tabela, além de contar com um elenco limitado, o técnico Dorival Júnior tem de superar os desfalques.
Contra o Flu, o treinador não deve contar com Tobio e Marcelo Oliveira, que sentiram dores musculares no jogo contra o Criciúma, além dos lesionados Fernando Prass, Wendel, Wesley, Lúcio, Allione, Wellington. Valdivia e Bruninho continuam em fase de recondicionamento físico e também não estão à disposição.

Dorival reclamou do excesso de jogos no calendário brasileiro: “Estamos errando muito na formatação dos campeonatos, exigindo um número absurdo de jogos e vendo a qualidade do espetáculo cair a cada ano. O departamento médico não consegue recuperar [os jogadores] e o treinador não consegue treinar”, disse.

Santos
O Peixe recebe o Coritiba, na noite de sábado, na Vila Belmiro. Décimo colocado, com 26 pontos, o Alvinegro praiano tenta se recuperar da derrota por 3 a 1 para o Sport fora de casa na quarta-feira. “Temos de levantar a cabeça e buscar a vitória em casa para minimizar os erros dessa derrota”, afirmou Arouca.

Comentários