A Secretaria de Segurança e Controle Urbano de Osasco aumentou a fiscalização sobre o cumprimento da Lei do Silêncio. Pelo menos seis bares e uma igreja foram lacrados desde o início do mês no município. A maioria devido ao excesso de barulho, de acordo com o secretário de Segurança, Valdeci Magdanelo.

publicidade

“As pessoas têm que descansar, o excesso de barulho perturba. Então, quem se adequar às regras municipais, maravilha. Quem quiser fazer barulho durante a madrugada, não vai fazer”, afirmou. [O estabelecimento] Tem que respeitar, colocar [isolamento] acústico, reduzir o horário, reduzir o som”.

Para mais informações ou denúncias sobre o descumprimento da Lei do Silêncio, o número da Central de Atendimento da prefeitura é 156.
Comentários

5 COMENTÁRIOS

  1. Tem um estabelecimento de paletes. No jardim Conceição. Na. Rua paranaense. Próximo. Ao rio da para as costas do conjunto. Residencial do jardim Conceição. Na Rua. Pernambucanas. Trabalham todos os dias. Feriados. Desde as 6 da manhã. Sem horário. Pra terminar barulho. Estrondoso. De serra elétrica. Batendo caixas. De madeira barulho terrível. Atrapalhando. O sossego. Dos moradores. Precisa urgente. Que a prefeitura venha tomar. As devidas. Providências. Que trabalhem no horário. Comercial. E respeitem horários. De silêncio

  2. Terreno aqui avenida flora onde tem um campo de futebol no meio da avenida esta tendo uma invasão risco de incêndio todo dia pessoal tocando fogo, bombeiros vem até local e nossa prefeitura ninguém faz absolutamente nada, tem não quer dizer tinha uma viela na beira do terreno com um condomínio de prédios está totalmente povoado, este jornal é da região o saco então venham aqui fazer esta reportagem já tem conhecimento todos órgãos públicos e nada estão fazendo noite inteira uma bagunça, próximo a 13 onde seria continuação que o antigo prefeito estava fazendo da avenida sesc, nosso atual prefeito Rogério lins parece que parou não está continuando nenhuma obra ,deixando pela metade serviço que deve está até pago

  3. Matéria tendenciosa, mal explicada, como se tudo que acontecess nos bares fosse “barulho”. Como se as polícias pudessem trabalhar sozinhas, por conta própria, como se fossem a única autoridade competente para tratar das coisas da cidade. Pq não falam das leis de cultura aqui da cidade tb? Esse jornal esta claramente criando tensão e mal informado. A serviço de quem?

  4. Ontem 19/02/2017 passei pelo bairro do Conceição na av Clovis Asaf ; estava acontecendo esse famoso baile funk e não vi nenhuma viatura da GCM ou a Polícia Militar inibindo esse tal baile que não acrescenta nada aos jovens!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui