Sem acordo com a Prefeitura, professores em greve ameaçam fechar acesso à Castelo

0
Profissionais da educação fizeram ato nesta terça, 29 / Foto: Thais Peixoto/Novaon

Os servidores da Educação da rede municipal de Jandira entraram nesta terça-feira, 29, no segundo dia de greve. Caso a Prefeitura continue sem propostas aos servidores, eles prometem continuar a mobilização, que nesta quarta-feira, 30, deve ocorrer em um acesso à rodovia Castelo Branco.

publicidade
Profissionais da educação fizeram ato nesta terça, 29 / Foto: Thais Peixoto/Novaon
Profissionais da educação fizeram ato nesta terça, 29 / Foto: Thais Peixoto/Novaon

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Serviços do Município de Osasco e Região (Sintrasp), a mobilização tem adesão em 100% das escolas e mais de 550 servidores nas ruas, que fizeram passeata nesta terça.

Entre as reivindicações estão: finalização e aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), reajuste do vale alimentação para R$ 250 e melhores condições de trabalho, “já que os prédios têm estrutura mínima, escassez de material, falta de merenda escolar e creches lotadas”, diz o sindicato.

publicidade

De acordo com o vice-presidente do Sintrasp, Antonio Rodrigues (Toninho do Caps), a Prefeitura de Jandira ainda não apresentou uma contraproposta e os servidores caminham para o terceiro dia de paralisação e mobilização.

“Esses servidores prestam um serviço para o município e devem ser reconhecidos. A greve continuará até que a Prefeitura faça uma negociação com o Sintrasp. Amanhã (quarta-feira, 30), iremos fechar o viaduto de Jandira que dá acesso a Rodovia Castelo Branco”, afirma o vice-presidente.

publicidade

Comentários