Seminário em Carapicuíba discute desaparecimento e tráfico Humano

0
Sandra Moreno, fundadora do Instituto Impar e mãe da desaparecida Ana Paula Moreno / Foto: Eduardo Metroviche

Sandra Moreno, fundadora do Instituto Impar e mãe da desaparecida Ana Paula Moreno / Foto: Eduardo Metroviche
Sandra Moreno, fundadora do Instituto Impar e mãe da desaparecida Ana Paula Moreno / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

O Instituto Ana Paula Moreno (Impar), em parceria com a Cáritas Brasileira, realizará, dia 25 de março, o “Seminário Desaparecimento e Tráfico Humano”, na Fatec Carapicuíba.

O evento será composto por uma mesa de autoridades que farão debates em torno da problemática. Confiram presença a fundadora da ONG Mães da Sé, Ivanise Esperidião, e a Vera Ranu, criadora da ONG Mães em Luta – ambas instituições tratam do desaparecimento de pessoas. Para debater sobre o tráfico humano, a Coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado de São Paulo, Juliana Armede, também participará do seminário.

publicidade


LEIA TAMBÉM: 

“O que me move é a dor, a saudade”

A sociedade precisa entender que o desaparecimento de pessoas e o tráfico humano são suscetíveis a qualquer um e que precisamos enfrentá-lo. A partir disso, a causa ganhará mais visibilidade. O seminário é um dos passos para educarmos sobre o problema”, afirma Sandra Moreno, fundadora do Instituto Impar e mãe da desaparecida Ana Paula Moreno.

publicidade

No Brasil, não há números concretos de vítimas do tráfico humano. O mesmo se repete nos casos de desaparecimentos de pessoas, mas a estimativa é que 200 mil desapareçam por ano no país. Só essa dificuldade de quantificação mostra a deficiência existente no sistema”, diz Sandra.

O evento é gratuito e aberto à população. Interessado em participar devem se inscrever até o dia 15 de março pelo e-mail (eventos@impar.org.br).

Serviço

Seminário Desaparecimento e Tráfico Humano
Data: 25 de março de 2015
Horário: das 13h às 18h
Local: Fatec Carapicuíba
Endereço: Rua Francisco Pignatari, 650 – Vila Gustavo Correia, Carapicuíba – São Paulo

Comentários