Série A Cor do Poder, que mostra o amor em meio a disputas raciais, estreia hoje na Globo

Um dos destaques da série é a trilha sonora, assinada pelo rapper Jay-Z, que conta com hits do hip hop, disco e blues

0
a cor do poder globo
Divulgação

A minissérie britânica A Cor do Poder, que mostra uma história de amor em meio a disputas raciais, estreia nesta segunda-feira (11), na Globo. A obra será exibida até sexta-feira (15) – exceto quarta-feira, dia 13 – logo após a novela A Força do Querer.

publicidade

Um dos destaques da série é a trilha sonora, assinada pelo rapper Jay-Z, que conta com hits do hip hop, disco e blues.

A Cor do Poder – de 11 a 15/01, após a novela A Força do Querer, na Globo

Sinopse: Num mundo alternativo e distópico, há mais de 700 anos o Império Apricano Invadiu a Europa e a Aprica colonizou o continente. Os negros, chamados de “Elites”, dominaram e escravizaram os brancos, chamados de “Zeros”.

publicidade

Separados por sua cor, mas unidos pelo amor proibido por causa da separação social e racial, Sephy Hadley e Callum McGregor estão lutando por mais do que simplesmente o direito de estar juntos. Sephy é da ‘Elite’, membro da classe dominante negra e filha de um político de destaque.

Callum é um ‘Zero’, branco da classe baixa de escravos recém libertos. Sob as leis estritas desse estado distópico, jamais poderiam viver uma história de amor. Por isso o relacionamento deles é vivido em segredo e, diante de um cenário de preconceito, desconfiança e rebelião, o romance escondido entre uma negra e um branco vai arrastar estes amantes para um perigo terrível.

publicidade

Comentários