Servidores ameaçam greve

0

O presidente do Sintrasp, Jessé de Castro Moraes / Foto: Francysco Souza
O presidente do Sintrasp, Jessé de Castro Moraes / Foto: Francysco Souza

publicidade

Em assembleia geral na quarta-feira, 10, convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos Municipais de Osasco e Região (Sintrasp), os servidores públicos osasquenses votaram por estado de greve a partir do dia 30, caso a prefeitura não apresente proposta.

Sindicato aguarda proposta da prefeitura

“Se até a data a prefeitura não tiver apresentado nenhuma proposta decente de reajuste, podemos entrar em greve”, afirmou o presidente do Sintrasp, Jessé de Castro Moraes. A administração municipal ainda não apresentou contraproposta de índice salarial e as negociações vão até o final do mês. “Durante este período, o sindicato continuará se reunindo com a administração da cidade e negociando um índice de aumento salarial decente para o funcionalismo de Osasco”, disse.
Os funcionários públicos também aprovaram a proposta de moção para colher assinaturas de 5% de eleitores da cidade, conforme o artigo 37 da Lei Orgânica do Município de Osasco, tendo em vista a criação da lei municipal que garanta o repasse da inflação acumulada nos últimos 12 meses, como já existe em cidades como Jandira, Itu, Itapira, entre outras.

publicidade

 

publicidade
Comentários