Servidores da Educação ameaçam paralisação em Jandira

0

O Sindicato dos Trabalhadores em Serviços dos Municípios de Osasco e Região (Sintrasp) informa que os servidores da Educação de Jandira realizarão uma paralisação nessa terça-feira, 22. De acordo com a entidade, o ato é uma resposta ao “descaso” que a Prefeitura demonstra perante seus direitos.

publicidade

Junto ao Sintrasp, os servidores optaram pela paralisação em Assembleia Geral realizada no dia 11.  De acordo com o presidente Jessé de Castro Moraes, os funcionários pedem o fim do assédio moral e a valorização de seus trabalhos.

“Faltam condições de trabalho, pois os prédios em que os servidores trabalham têm o mínimo de estrutura. Além disso, falta material, merenda escolar e as creches estão superlotadas”, completa.

publicidade

Entre essas reivindicações, os servidores também lutam por reajuste do vale-alimentação para R$ 250; repasse das perdas salariais; pagamento do quinquênio, vale-transporte e transparência na gestão da cidade.

“A Prefeitura também demonstra descaso com o Plano de Carreira dos Servidores e a Lei 1373 continua não sendo respeitada, o que faz com que não haja evolução funcional dos servidores. Os recursos da FUNDEB (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) também estão sendo mal gerenciados e os funcionários desejam o desmembramento da secretaria de Educação para que sejam controladas receitas repassadas pela FUNDEB”, afirma Moraes.

publicidade

Após a paralisação, os servidores se reunirão em Assembleia Geral, às 18h, para decidirem os próximos passos a serem tomados pela categoria.

Comentários