Servidores reclamam de proibição de celular durante o expediente em Carapicuíba: “inaceitável”

0
centro administrativo prefeitura de carapicuíba
Foto: divulgação

O Sindicato dos Funcionários Públicos de Carapicuíba (Sindfusmc) se manifestou contra projeto de lei aprovado na Câmara Municipal que estabelece a proibição do uso do celular e outros aparelhos pelos servidores do município durante o horário de expediente.

“Proibir o trabalhador de estar com seu celular é inadmissível. Cabe o bom senso de cada um para o uso não atrapalhar suas atividades, como em qualquer empresa privada, por exemplo”, afirma o Sindicato.

Em nota, o presidente do Sindfusmc, Jessé Cassundé, declara: “É inaceitável o servidor ser proibido de utilizar seu aparelho celular. As próprias chefias utilizam o WhatsApp para se comunicar com seus subordinados. Já pensou isso ser aplicado? E se o trabalhador não puder atender uma ligação de um parente adoecido? Isso foi pensado? Vamos aguardar a posição do prefeito [Marcos] Neves, que até agora se mantém em silêncio. Não vamos admitir esse cerceamento ao funcionalismo. Todos são adultos e sabem trabalhar com qualidade, mesmo com a insistente falta de suporte da Prefeitura”.

Publicidade

O projeto, de autoria do vereador Professor Ladenilson, aguarda sanção ou veto do prefeito Marcos Neves (PSDB).

Comentários