Servidores têm aumento acima do esperado

0

Prefeito diz que reajuste visa estimular melhora dos serviços públicos / Foto: Eduardo Metroviche
Prefeito diz que reajuste visa estimular melhora dos serviços públicos / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Fernando Augusto

O prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), e secretários municipais, anunciaram na quarta-feira, 23, um pacote de reajustes e benefícios aos servidores municipais como resultado das mesas de negociação com o sindicato da categoria. Os reajustes vão representar, segundo Lapas, um aumento de cerca de R$ 100 milhões em gastos com salários na comparação com o ano passado.

publicidade

“Estamos indo ao limite da responsabilidade fiscal e do juízo também. Isso porque temos uma visão otimista, a gente acredita no Brasil e na sua economia”, disse Lapas, que citou aumento na arrecadação da Prefeitura em 10% neste ano. O petista também justificou os aumentos acima da inflação com a necessidade de melhoria dos serviços públicos, uma das principais aspirações das manifestações de junho do ano passado. “A infraestrutura é importante, mas só o servidor pode melhorar isso”, disse.

Entre as medidas anunciadas, uma das mais aplaudidas foi a equiparação dos salários dos servidores que têm ensino superior completo. Profissionais de nível superior, por exemplo, avançarão da referência 5 para a 9, que consiste no aumento de 21,55% para as jornadas de 20, 30 e 40 horas semanais, equiparando-se aos arquitetos e engenheiros.

publicidade

Uma das áreas priorizadas foi a Saúde, que também é uma das mais criticadas pela população. “O padrão de salário dos médicos agora será compatível com a região e melhor do que em muitos municípios”, disse Lapas. Segundo ele, o objetivo é tornar o cargo mais atrativo e evitar o acúmulo de empregos por esses profissionais. Os 2.015 médicos e os 163 dentistas terão incorporação de adicional de assiduidade e gratificação de nível superior com a variação percentual de 12% a 31% de aumento. Na área de enfermagem são 1.633 servidores. Para estes profissionais haverá alteração de referência, incorporação de prêmio incentivo, e o aumento de 13%.

Na área da Educação foi anunciado reajuste de 13%. Outros 1.574 servidores, que integram os cargos administrativos e operacionais, como inspetores de alunos, oficiais de escola, pajens, serventes e zeladores de escola, terão 13% de aumento, acrescidos do abono salarial.

Pisos
Nenhum servidor de Osasco vai receber menos do que R$ 1 mil. A base salarial, que era de R$ 723,98, recebe o aumento de 13%, atingindo R$ 818,10. A este valor será acrescido o abono salarial para alcançar o valor de R$ 1 mil.
O cartão alimentação vai subir de R$ 220 para R$ 250 mensais.

Comentários