Jornalista e conselheira municipal dos Direitos das Mulheres de Osasco
Jornalista e conselheira municipal dos Direitos das Mulheres de Osasco

Abro este espaço com a missão de discutir nossas maiores pautas enquanto mulheres em sociedade. Sou jornalista, conselheira municipal dos direitos das mulheres de Osasco, membro da Rede Social de Osasco e da Diretoria da AMECOM (Associação Metropolitana de Comunicação). Desde já agradeço ao jornal Visão Oeste por abrir este espaço para nós mulheres.

publicidade

Na estreia da coluna Mulheres de Visão, não posso deixar de falar sobre a chacina de Campinas, onde um homem desequilibrado, o qual a Justiça Mineira retirou o direito de guarda do filho após a separação, matou a ex-esposa, o filho e mais 10 pessoas da família dela e depois se suicidou.

Este caso só vem mostrar a fragilidade das mulheres em sociedade, o problema que existe em torno dos direitos das mulheres de pedirem a separação e de recomeçarem suas vidas.

publicidade

A mulher ser vítima de violência é algo comum na sociedade e pouco se fala, pouco se faz, para mudar esta realidade. As mulheres têm tanto direito quanto os homens em sociedade, somos iguais!

Aliás, esta é a premissa do FEMINISMO: mulheres e homens têm os mesmos direitos enquanto cidadãos, enquanto sociedade. Ninguém é melhor do que ninguém! Somos todos importantes!

publicidade

Se você ver alguma menina, mulher ou senhora sofrendo qualquer tipo de violência, ligue 180. Este número é para denunciar de forma anônima a violação dos direitos das mulheres.

As medidas protetivas descritas na Lei Maria da Penha precisam ser mais incisivas e os servidores do poder público também devem ser preparados para compreender de forma ampla a questão da mulher vítima de violência.

A morte das mulheres não pode ser só mais uma manchete dos jornais. Até quando o direito será apenas para um gênero e não a todos os seres humanos?! #MulheresDeVisão

Contato: simonedecarvalho.mulheresdevisao@gmail.com

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui