Sindicalistas realizam encontro contra acidentes

0
Evento do Cissor, aberto a trabalhadores de todas as categorias, discutirá prevenção / Foto : Eduardo Metroviche

Evento do Cissor, aberto a trabalhadores de todas as categorias, discutirá prevenção / Foto : Eduardo Metroviche
Evento do Cissor, aberto a trabalhadores de todas as categorias, discutirá prevenção / Foto : Eduardo Metroviche

publicidade

Auris Sousa

O Cissor (Conselho Intersindical de Saúde e Seguridade Social de Osasco e Região), junto com sindicalistas de diversas categorias, realiza no próximo dia 27 um encontro em memória às vítimas de acidentes e doenças de trabalho. O evento acontecerá às 9h no Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, que fica em Presidente Altino, Osasco.

publicidade

O objetivo do encontro é chamar atenção para os números de mortes decorrentes de acidente no local de trabalho e conscientizar os trabalhadores sobre o problema. Segundo a Previdência Social, em 2011, no Brasil aconteceram 711.164 acidentes de trabalho, que provocaram 2.884 mortes e 14.811 danos irreversíveis às vítimas. Além disso, 160 milhões de trabalhadores sofriam de doenças ocupacionais.

Informação não vai faltar
Palestras sobre prevenção de acidentes de trabalho e ações regressivas serão realizadas por Soleny Oliveira Pereira, do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), e pelo procurador federal Eurípedes Cestare.
Além disso, os sindicatos farão um diagnóstico sobre as ações do Ministério do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, Previdência Social e Sistema Único de Saúde na prevenção de acidentes de trabalho na região.

publicidade

Inscrições
O evento é aberto para trabalhadores de todas as categorias. Para participar, os interessados devem fazer inscrições até dia 25 de abril pelo telefone 3651-7200 no ramal 107, ou no e-mail celia.assessoria@sindmetal.org.br.

Dia em Memória às Vítimas

O evento entre os sindicatos acontece para marcar o “Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho”, celebrado em 28 de abril. Neste data, em 1969, aconteceu a explosão de uma mina nos Estados Unidos que matou 78 trabalhadores. A partir disso, o movimento sindical canadense iniciou uma luta para que a data não fosse esquecida e para que tragédias semelhantes fossem evitadas, o que se espalhou para diversos países, incluindo o Brasil.
No Brasil, a data entrou para o calendário oficial a partir de 2005, com a lei 11.121, e vem se consolidando por meio de iniciativas do movimento sindical.

Comentários