Sindicato pede Bilhete Único e fim da superlotação nos ônibus de Osasco

0
Foto: SECOM/PMO

O Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região entregou, na quinta-feira, 8, propostas que visam melhorar o transporte público de Osasco. A sugestão foi feita por meio de ofício entregue pelo diretor Alex da Força durante audiência pública sobre transporte coletivos da cidade.

publicidade

Ao todo, foram apresentadas 13 propostas “visando o conforto e a segurança dos usuários do transporte coletivo”. Entre elas, a implantação do prometido Bilhete Único e o fim da superlotação nos coletivos municipais.

Também foi solicitada a adequação dos veículos “tendo em vista os critérios ambientais e de acessibilidade”, bem como nos terminais e pontos de paradas dos transportes coletivos.

publicidade

“As propostas que envolvem o direito de acessibilidade as pessoas com deficiências já estão previstas na lei 13.146/2015, que trata da lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Por isso também solicitamos o seu cumprimento”, explicou Alex da Força, que também é secretário Estadual de inclusão da Pessoa com Deficiência da Força Sindical-SP.

Além disso, o ofício propõe a instituição do Plano Municipal de Mobilidade e a regulamentação e pratica do Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

publicidade

Também sugere que seja aperfeiçoado no município “a legislação municipal de concessão da gratuidade no transporte público coletivo para as pessoas com deficiências, idosos, estudantes e desempregados”. Bem como a melhor divulgação destes direitos à população.

“Por último, sugerimos a criação de um Grupo Técnico para viabilizar um estudo do mapa de Osasco a fim de buscar reordenar o sistema municipal de transportes coletivos e propor soluções para os diversos problemas enfrentados pelos munícipes”, destacou o diretor Alex da Força.

Comentários