Sintomas como tontura e enjoos podem indicar problema de visão

0
Para diminuir riscos de problemas, especialistas recomendam visita anual a um oftalmologista / Foto: reprodução

A oftalmologia é uma especialidade que, frequentemente, é deixada em segundo plano por boa parte das pessoas que faz uma visita de rotina ao médico. A grande verdade, entretanto, é que boa parte dos brasileiros pode apresentar sintomas de problemas oculares, sem nem mesmo imaginar que eles podem ter relação com a qualidade de sua visão.

publicidade
Para diminuir riscos de problemas, especialistas recomendam visita anual a um oftalmologista / Foto: reprodução
Para diminuir riscos de problemas, especialistas recomendam visita anual a um oftalmologista / Foto: reprodução

Apesar dos mais de 16 mil oftalmologistas registrados e atuantes no país, mais de 4.000.000 de brasileiros apresentam pelo menos um tipo de deficiência visual, que poderiam ser facilmente tratadas e evitadas. Mesmo que boa parte dessa ausência de tratamento tenha relação com regiões do país que não contam com a atuação significativa de um oftalmologista, muitos pacientes permitem o avanço de doenças de simples tratamento – como a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo – por ignorarem ou confundirem sintomas relacionados a elas.

As dores de cabeça, desconfortos oculares e dificuldades de concentração já são sintomas que levam muitas pessoas a procurar uma consulta com um oftalmologista.

publicidade

Entretanto, outras manifestações também têm motivado os clínicos gerais e neurologistas a orientar seus pacientes a se consultar com um especialista em visão. A tontura e o enjoo são alguns desses sintomas que, frequentemente, têm sido relatado por pacientes que apresentam algum tipo de problema de refração ou presbiopia.

Eles ocorrem exatamente pela reprodução errada da imagem visual, causada pelas falhas que caracterizam a miopia, o astigmatismo e a hipermetropia. Essa pequena ilusão, que é uma consequência do problema diagnosticado na retina, pode causar uma sensação de desequilíbrio no nosso cérebro, desenvolvendo a tontura e, consequentemente, náusea e enjoos frequentes.

publicidade

Como a náusea e a tonteira podem ser sintomas também encontrados em doenças relacionadas com o trato gastrointestinal, com a infecção alimentar e até mesmo com a gestação, os pacientes com essas manifestações, muitas vezes, passavam por longos tratamentos que ofereciam apenas um suporte paliativo para seus desconfortos. Uma vez diagnosticada a condição ocular, o uso de lentes corretivas pode solucionar imediatamente os sintomas que, por muito tempo, diminuíram a qualidade de vida do paciente que buscou ajuda médica.

Para recuperar a qualidade de vida e evitar que estes sintomas perdurem em sua rotina, é que especialistas recomendam a visita anual a um oftalmologista, para realizar o diagnóstico e tratamento precoce de uma possível alteração na qualidade da visão.

Comentários