“Skaf representa uma inovação”, diz Batochio

0

“Estado não move um dedo no sentido de incentivar o desenvolvimento”, critica pedetista / Foto: Eduardo Metroviche
“Estado não move um dedo no sentido de incentivar o desenvolvimento”, critica pedetista / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Diminuição da carga tributária e uma reforma no sistema prisional do estado de São Paulo foram os principais assuntos em visita que o ex-deputado José Roberto Batochio (PDT) fez ao Visão Oeste nesta quinta-feira, 28. O advogado criminalista é o vice na chapa de Paulo Skaf (PMDB), candidato a governador do estado que, de acordo com pesquisa Ibope, subiu de 11% para 20% das intenções de voto, diminuindo a liderança do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 50%.

Batochio disse que Skaf “representa uma inovação nos métodos de gerir a coisa pública”. Ele citou as recentes batalhas que o presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) travou contra o aumento do IPTU na capital, este ano, e pelo fim da CPMF, em 2007. “Ele já demonstrou qual a postura dele, o que ele é capaz de fazer”, disse Batochio.
Segundo o pedetista, é preciso conter a desindustrialização no estado de São Paulo, e uma das medidas necessárias é a desoneração tributária. “O estado não move um dedo no sentido de incentivar o desenvolvimento”, criticou. O candidato a vice disse que o objetivo é manter postos de trabalho em São Paulo, sobretudo na área da indústria.

publicidade

Segurança
Sobre o tema, Batochio criticou a situação dos presídios paulistas. Para ele, o atual modelo e discurso de “tolerância zero” lota as prisões. Por isso, defende formas alternativas de punição para os crimes de menor potencial ofensivo. “Já estamos sendo denunciados pela OEA (Organização dos Estados Americanos) por violação aos direitos humanos, porque deixamos os presos dormindo em pé. São os ‘homens-morcegos’. Há quem compare nossos presídios com uma sucursal do inferno”, disse.
Ele defende uma reforma do sistema prisional, com a separação dos presos ligados a facções criminosas dos presos primários e dos reincidentes.
“Precisamos prender mais o ladrão, o assaltante, o corrupto, os outros vamos condená-los, mas fazer isso racionalmente. Senão vamos ser obrigados a construir presídios e deixar de investir em escolas”.

Educação
Um dos principais projetos da chapa Skaf-Batochio é a implantação do ensino integral na rede estadual.
Além disso, acabar com a progressão continuada. “A criança tem que aprender, desde a escola, que o que tem de funcionar é a meritocracia”.

publicidade

Água
Questionado sobre a crise hídrica que atinge o estado, Batochio criticou a falta de investimentos no setor. Para ele, é preciso apenas “tirar do papel” os projetos que já estão prontos para ampliar a captação de água nos mananciais paulistas. “Precisamos parar de ter administradores com voo de galinha, que pensam só para daqui a quatro anos”, alfinetou.

Comentários