Compartilhar

Após vencer por 4 a 1, com gols de Marquinhos (3) e Gabriel, em Jarinu, o São Paulo reencontrou o Red Bull, em Cotia, na manhã de sábado, 26, para sagrar-se campeão Paulista pela 20ª vez.

Publicidade

Com empate em 2 a 2, gols de Luan e Gabriel, o Tricolor levantou a taça diante de seus torcedores, com o placar agregado de 6 a 3 nas finais.

A equipe titular do Tricolor foi Thiago, Tuta, Diego, Miguel, Weverson, Luan, Rodrigo Nestor, Igor, Gabriel Sara, Marquinhos e Gabriel.

O agora técnico Rogério Ceni de olho na molecada / Fotos: Rubens Chiri/saopaulofc.net
O agora técnico Rogério Ceni de olho na molecada / Fotos: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Campanha 

A campanha do Tricolor na competição merece destaque. Em 30 jogos, foram 22 vitórias, cinco empates e apenas três derrotas, com 112 gols marcados e 27 sofridos, dando saldo de 85 gols.

Levantando a taça Estadual pela 20ª vez, é a quarta vez que a categoria juvenil consegue vencer o Paulista de forma consecutiva. Antes, o Tricolor fez pelo menos o bicampeonato nos anos de 1969/70, 1990/91 e 1954/55, quando também viria conquistar o tri em 1956. Em 20015, a vitória conquista foi sobre o Santos.

Além do título, o Tricolor também tem a artilharia para comemorar. Ao marcar três gols em Jarinu, Marquinhos chegou aos 21 gols e empatou na artilharia do Paulista com Walisson, da Ponte Preta. Gabriel Novaes, com 14 gols, foi o vice-artilheiro do clube no Estadual.

Comentários

Faça seu comentário