“Sou uma osasquense de coração”, diz Tandara na volta ao clube

0
volei osasco tandara
Camila Brait, o prefeito Rogério Lins e Tandara, em evento transmitido pela internet na manhã desta quarta-feira (8) / Foto: Marcelo Deck/PMO

Ídolo da torcida osasquense, a campeã olímpica Tandara está de volta ao Osasco Audax. A oposta foi apresentada em evento no gabinete do prefeito Rogério Lins transmitido pela internet na manhã desta quarta-feira (8), junto à líbero Camila Brait, como destaque do time de vôlei feminino para a temporada 2020/21.

Tandara estava no Sesc-RJ. Ela já defendeu Osasco por cinco temporadas ao longo da carreira e retorna após duas temporadas. “Sou uma osasquense de coração”, declarou a atleta. “Além do time e da torcida, pesou a questão familiar. Tenho minha casa em Osasco, onde a Maria Clara (filha) tem mais espaço, a escolinha que sempre frequentou, enfim, conheço tudo bem de perto aqui e sempre fui muito bem tratada dentro e fora de quadra”.

A oposta costuma ser ovacionada no ginásio José Liberatti, em Presidente Altino, com gritos de ‘poderosa Tandara’ e ‘uh uh a Tandara é Pitbull’ e expressa a ansiedade para voltar a receber o carinho e apoio da torcida osasquense. “Estou ansiosa para voltar a treinar e jogar. Tenho expectativas muito positivas para essa temporada e não esperem menos que muita dedicação dentro de quadra”.

Publicidade
tandara volei osasco
“Além do time e da torcida, pesou a questão familiar”, declarou a atleta, ao comentar decisão pelo retorno a Osasco / Foto: divulgação

Considerada uma das atacantes com maior potência no vôlei mundial, Tandara é um dos nomes mais cotados para integrar a seleção brasileira nas Olimpíadas de Tóquio, adiada para 2021. Comandada por José Roberto Guimarães, que já conquistou dois ouros seguidos, a equipe brasileira vai em busca do terceiro ouro olímpico.

Tandara Caixeta já vestiu a amarelinha em diversas ocasiões, sendo a primeira, aos 23 anos, quando foi convocada, pela primeira vez, e conquistou o ouro no Pan-Americano de Guadalajara, em 2011. No ano seguinte, ela se tornou campeã olímpica, em Londres.

No currículo de vitórias internacionais com a seleção brasileira, ela ainda acumula 3 ouros no Grand Prix (Nanquim 2017, Bangkok 2016 e Tóquio 2014), Copa dos Campeões (Japão 2013), Masters Montreaux (Suíça 2017) e Sul-Americano (Cáli 2017). Além disso, o elenco brasileiro garantiu a segunda colocação no Grand Prix de Macau, em 2011, a Copa dos Campeões, no Japão, em 2017, e a medalha de bronze no Campeonato Mundial disputado em 2014, na Itália.

Camila Brait: “Aqui é minha casa”

Já Camila Brait é a jogadora mais identificada com o projeto do Osasco Voleibol Clube/São Cristovão Saúde. A líbero já disputou 12 temporadas pelo time e também confessa a ansiedade para retomar o dia a dia no ginásio José Liberatti.

“Estou muito feliz de seguir em Osasco. Aqui é minha casa. É onde conheci meu marido, tive minha filha e formei uma família. Esse será meu 13° ano nessa cidade que é minha de coração. Tenho certeza que vamos lutar por títulos”, disse a jogadora, dona do melhor passe e eleita melhor líbero da última Superliga.

camila brait volei osasco
Camila Brait: “Esse será meu 13° ano nessa cidade que é minha de coração. Tenho certeza que vamos lutar por títulos”

O técnico Luizomar não escondeu a alegria com a largada em grande estilo para a temporada 2020/21. “É um prazer dar o início a mais um ciclo. Sei da expectativa da torcida e quero agradecer ao prefeito Rogério Lins pelo apoio ao nosso clube e, principalmente pela forma corajosa e responsável como ele e sua equipe tem enfrentado essa pandemia. Estamos trabalhando com todos protocolos de segurança para, em breve, voltar a encher o Liberatti e fazer uma grande temporada”, afirmou o treinador.

Luizomar destaca “projeto importante e querido pela cidade de Osasco”

“Tandara e Camila Brait são grandes jogadoras e pessoas especiais. Dedicadas e talentosas, são os primeiros nomes que estamos anunciando de um time que estamos montando com muito carinho para trazer alegrias para nosso torcedor e representar muito bem a nossa camisa que, sabemos, é pesada. Quero agradecer uma vez mais ao apoio da Prefeitura para manter esse projeto tão importante e querido pela cidade de Osasco”, acrescentou Luizomar.

O prefeito Rogério Lins deu as boas vindas e comemorou a renovação de Camila Brait e o retorno de Tandara: “Estou muito feliz de receber vocês e de estar falando a milhares de torcedores de Osasco, não só aqui na cidade, mas pelo Brasil”, declarou.

“Quero agradecer ao Luizomar, que é um batalhador, um cara que respira esporte, especialmente o vôlei feminino e sempre faz de tudo para montar um grande time. Mesmo em um momento diferente, com uma série de cuidados para cuidar da saúde da população, temos que seguir em frente e valorizar também momentos de alegria como este. Aliás, mesmo no meio do enfrentamento à pandemia, muita gente vinha me perguntar sobre o time. E é uma felicidade apresentar a Camila e trazer de volta a nossa pit bull Tandara. Mas quero lembrar que a batalha contra o coronavírus continua, que precisamos seguir com todos os cuidados necessários para, em breve, voltarmos a torcer muito por Osasco”, completou o prefeito de Osasco.

Comentários