Superliga de vôlei acaba mais cedo e sem campeão: “voltaremos mais fortes”, diz Osasco

0
osasco volei coronavírus superliga
Foto: divulgação

O Osasco Voleibol Clube, um dos principais clubes do país, comentou a decisão da Confederação Brasileira de Vôlei, junto aos clubes, de encerrar a Superliga 2019/20 sem um campeão, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Lamentamos o encerramento prematuro da maior competição do vôlei brasileiro, mas entendemos que momento de crise exige medidas drásticas para preservar a saúde dos profissionais do esporte e também do público frente à pandemia do novo coronavírus”, declarou o clube, por meio das redes sociais. “Seguiremos em frente e voltaremos mais fortes para a próxima temporada, sempre unidos”.

O Superintendente de Competições Quadra da CBV, Renato D´Avila, declarou: “Sentimos muito por ver a Superliga Banco do Brasil terminar dessa forma, mas sabemos que é absolutamente necessário”.

Publicidade

Confira nota oficial do Osasco Voleibol Clube sobre o fim da Superliga 2019/20:

“Frente aos graves riscos à saúde da população o Osasco Voleibol Clube participou da reunião on-line junto a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), que definiu o fim da temporada 2019/20, sem um campeão. 

Lamentamos o encerramento prematuro da maior competição do vôlei brasileiro, mas entendemos que momento de crise exige medidas drásticas para preservar a saúde dos profissionais do esporte e também do público frente a pandemia do novo coronavírus.

Em nome do Osasco Voleibol Clube e da população osasquense, que tem no seu time feminino um motivo de orgulho e identidade, queremos agradecer a todos os patrocinadores e parceiros. 

Seguiremos em frente e voltaremos mais fortes para a próxima temporada, sempre unidos”.

Comentários